Após caso de agressão, Rachael Ostovich é liberada e luta com Paige VanZant volta ao UFC Brooklyn

Publicidade

Rachael Ostovich está de volta ao card do UFC Fight Night 143. A lutadora americana, que foi vítima de um suposto caso de violência doméstica, tinha sido removida do combate que faria contra Paige VanZant, pelo peso-mosca, no evento marcado para o dia 19 de janeiro, mas a luta foi reinstaurada à edição. O anúncio foi feito por VanZant, no Twitter.

Ostovich foi consultada por um segundo médico, que analisou a lesão sofrida pela lutadora no orbital, causada possivelmente após as agressões do marido Arnold Berdon. Depois da análise, ficou concluído que não houve a quebra do osso, e o tempo de recuperação da lesão é suficiente para que ela faça o combate no Brooklyn (EUA), em janeiro de 2019.

Rachael acusou Arnold de violência doméstica no último dia 17. Berdon, que também é lutador de MMA, foi preso por tentativa de homicídio, mas sua acusação foi reduzida para agressão e ele pagou fiança de 75 mil dólares para responder ao processo em liberdade. Ostovich conseguiu uma ordem de restrição sobre ele, e a primeira audiência está marcada para o dia 18 de dezembro. Resta aguardar os próximos capítulos do polêmico caso.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img