Artigo: a importância do professor de artes marciais entender e lidar com o ‘transtorno ansioso’ dos alunos nos treinos

Publicidade

* Ao iniciar esse artigo, quero esclarecer que todos nós somos ansiosos por natureza, algumas pessoas em níveis leves e outras em níveis severos, necessitando de uma avaliação psicológica e psiquiátrica, podendo evitar prejuízos na vida pessoal e profissional. Sendo assim, podemos afirmar que viver ansioso 24h por dia é desgastante e insuportável.

Umas das características do transtorno ansioso é desconforto, inquietação, níveis de ansiedade em relação aos acontecimentos e mente barulhenta, além de desencadear sintomas somáticos, como sudorese, boca seca, coração acelerado, nervosismo, insônia e outros sintomas, dependendo da forma como o organismo irá reagir diante das pressões do dia a dia. Lembrando que cada pessoa tem a sua forma de sentir esse transtorno em sua mente. O que pode manifestar em você, pode não ser o mesmo para outro.

Como entender esse transtorno em crianças e adolescentes? Muitos especialistas da saúde mental, em seus artigos, relatam o resultado da interação de fatores como herança genética e grau de ansiedade paterna.

Dica: prestar atenção nos comportamentos familiares pode ajudar o professor a entender algumas ações de seus alunos, afinal, qual é o estilo de criação oferecido por esses pais?

Além do temperamento de cada criança, precisamos estar atentos para mudanças comportamentais, como: medo, insegurança e ansiedade. Lembrando que todos nós estamos vivenciando uma pandemia, o que modificou nossas estruturas emocionais e nossa forma de ver o mundo. 

Nota: o transtorno de ansiedade generalizada (TAG) atinge cerca de 3% a 6% de crianças e adolescentes em idade escolar, e as meninas são as mais acometidas pelo problema. Outra característica epidemiológica importante é que os índices desse transtorno tendem a ser maiores na adolescência do que na infância. O TAG é caracterizado por excessivas preocupações, ansiedade e intensa dificuldade para controlá-la, normalmente relacionada com eventos futuros. Essas preocupações dificultam os funcionamentos social, acadêmico e ocupacional de crianças e adolescentes, e como citado, com mais meninas atingidas.

Quanto mais informações a respeito do diagnóstico, dos sintomas, das características e do tratamento, mais fácil será lidar com o problema, e teremos sucesso no auxílio a essas crianças e adolescentes. Casos graves de transtornos ansiosos necessitarão de avaliação psicológica e psiquiátrica, e possível acompanhamento.

Caso clínico

Márcia (nome fictício), 9 anos, tem apresentado os devidos sintomas de ansiedade intensa, que tem prejudicado seus desempenhos acadêmicos e sociais. Ela é muito ansiosa, insegura, pessimista e está sempre preocupada com alguma coisa. Tem apresentado irritabilidade e cansaço. Durante os testes, fica tensa e começa chorar, e devido ao nervosismo, não consegue executar as atividades do seu cotidiano.

Para finalizar, quero que saibam que a criança e o adolescente não quer ser avaliado e julgado, temendo ser ridicularizado por outras pessoas. O maior temor é serem considerados estranhos. Por esse motivo, tenha paciência e empatia, e conversem com a família para fazer o mesmo. Só assim vamos ajudar essa criança/adolescente a superar esse momento sombrio.

Referências

  • Teixeira, Gustavo – Manual dos transtornos escolares: entendendo os problemas de crianças e adolescentes na escola/ Gustavo Teixeira – 2° edição Rio de Janeiro; BestSeller/2013.

printcoluna7

Quem sou eu? Mônica de Paula Silva, também conhecida como Monica Lambiasi, é graduada em Pedagogia desde 2004. Concursada pela Prefeitura de Embu Guaçu – SP, atua há 13 anos como psicopedagoga clínica, área na qual é pós-graduada desde 2006. Em 2008 concluiu pós-graduação em Didática Superior, e em 2009 concluiu pós-graduação em Educação Especial e Educação Inclusiva. Já em 2017 concluiu pós-graduação em neuropsicopedagoga, e atualmente estuda psicanálise e neurociência. Também é escritora.

Contatos: WhatsApp (11) 99763-1603 / Instagram: @lambiazi03

* Por Mônica de Paula Silva

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade