Artigo: entenda a importância dos treinos para a socialização entre crianças nas artes marciais

Publicidade

* Dentro da academia de artes marciais, a criança entra em contato com um meio social diferente do que ela está acostumada. Isso possibilita uma nova maneira de ver o mundo à sua volta, as brincadeiras, os treinos permitem um aprimoramento das habilidades e a capacidades da criança de se envolver em um contexto social, onde outras crianças também estão inseridas.

Nas brincadeiras no tatame e nos treinos adaptados notam-se a grande relevância que se tem para o desenvolvimento, além de físico, psicomotor e também social. A criança se mostra totalmente integrada com o ambiente ao expressar suas vontades por meio do lúdico, e quando se treina com o outro, abre espaço para interação social, desenvolve a capacidade e passa a reconhecer o quanto brincar ou treinar com o outro é importante para amenizar sentimentos negativos.

A maioria dos adultos, incluindo pais e professores, está preocupada apenas com o aspecto profissional, as trocas de faixas e talvez um futuro brilhante nos octógonos. Para estes, a academia de artes marciais representa um lugar sistemático de treinos, enquanto consideram as brincadeiras e os treinos adaptados para crianças um lazer, ou brincadeiras sem propósitos.

Não podemos ignorar que crianças a partir de três anos aprendam através do ato de brincar, levando ao desenvolvimento cognitivo e afetivo. O brincar é tão importante quanto se alimentar e descansar. Por meio do brincar, a criança estabelece relações de conhecimento consigo, com os outros e com o mundo.

Ao receber crianças nas academias de artes marciais, é fundamental que o professor compreenda os benefícios das brincadeiras e, aos poucos, insira os treinos de forma leve e prazerosa. As atividades lúdicas fazem parte da vida da criança e estão atreladas ao brincar. No momento da brincadeira, a criança cria e recria de acordo com sua imaginação. 

Um exemplo disso é uma vassoura que se torna um cavalo, uma escova de dente pode se tornar um microfone. Tudo depende da sua imaginação, do que a criança deseja representar ou expressar. É por meio da brincadeira que a criança constrói suas aprendizagens e conhecimentos. É nesse momento que sua imaginação se intensifica e representa o mundo social que a cerca, bem como as formas de comportamento que lhe são referentes.

A brincadeira é um universo simbólico, onde a criança reconstrói e representa sua realidade e aprende a dividir regras. É a partir daí que a criança constrói riquíssimas relações com seus pares e, juntos, fazem descobertas e adquirem novos conhecimentos. Na brincadeira, a criança pode modificar as regras, ela inventa e reinventa situações, enfim, na brincadeira a criança tem liberdade para agir. 

Pais e professores devem estar atentos ao brincar da criança, pois muitas vezes estão preocupados com os resultados, com as habilidades e competências que a criança deve desenvolver, e não observam que a criança por si só, e na relação com seu par, alcançou ou superou seus limites considerados essenciais para sua aprendizagem.

Para finalizar, o Brincar para Donald Woods Winnicott (pediatra e psicanalista) 

“Para a criança, o brincar é sua linguagem (expressa suas alegrias, frustrações, habilidades e dificuldades), é a maneira encontrada para se expressar no mundo e comunicar a sua realidade interior”.

Referências 

  • DE SOUZA, Cláudia Flôr. A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR E DO APRENDER DAS CRIANÇAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL.
  • Norma Lucia Neris de Queiroz; Diva Albuquerque Maciel; Angela Uchôa Branco. BRINCADEIRA E DESENVOLVIMENTO INFANTIL: UM OLHAR SOCIOCULTURAL CONSTRUTIVISTA.

Sites Recomendáveis 

printcoluna7

Quem sou eu? Mônica de Paula Silva, também conhecida como Monica Lambiasi, é graduada em Pedagogia desde 2004. Concursada pela Prefeitura de Embu Guaçu – SP, atua há 13 anos como psicopedagoga clínica, área na qual é pós-graduada desde 2006. Em 2008 concluiu pós-graduação em Didática Superior, e em 2009 concluiu pós-graduação em Educação Especial e Educação Inclusiva. Já em 2017 concluiu pós-graduação em neuropsicopedagoga, e atualmente estuda psicanálise e neurociência. Também é escritora.

Contatos: WhatsApp (11) 99763-1603 / Instagram: @lambiazi03

* Por Mônica de Paula Silva

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img