Artigo: o que fazer com os ‘pequenos samurais’ em casa no atual período de quarentena? Confira as dicas

Publicidade

* Todas as academias de artes marciais estão fechadas neste período de quarentena, como forma de evitar o contágio do novo coronavírus. Vamos fazer uma breve introdução: Covid-19 é uma doença infecciosa, causada pelo coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2 ( SARDS-CoV-2), que teve origem na China e se espalhou por todos os continentes.

Os sintomas mais comuns são febre, tosse e dificuldade em respirar. Cerca de 80% dos casos confirmados são ligeiros ou assintomáticos, e a maioria recupera sem sequelas. No entanto, 15% são infecções graves que necessitam de oxigênio e 5% são infecções muito graves que necessitam de ventilação. Os casos mais graves podem evoluir para pneumonia grave, com insuficiência respiratória grave, falência de vários órgãos e morte. Sendo assim, precisamos nos prevenir e tomar alguns cuidados que são de suma importância:

  • Lave as mãos com água e sabão e/ou use álcool em gel
  • Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir
  • Evite aglomerações se estiver doente
  • Mantenha os ambientes bem ventilados e não compartilhe objetos pessoais

Retomando o assunto, “e como fazer para manter essas crianças em casa, já que não podem treinar artes marciais em suas academias?” Primeiro, fale a verdade para os seus filhos, explique sobre o vírus e as precauções a serem adotadas, deixando sempre claro que não estamos em período de férias. No mais, continue com a mesma rotina já adaptada, se possível, como se estivessem fazendo fora de casa.

  • Horário da escola: faça as lições de casa, pois sabemos que os professores mandaram as lições para fazer;
  • Horário da academia de artes marciais: peça para os professores por e-mail ou pelo WhatsApp, alguns exercícios simples que possam ser realizados em casa por pelo menos 30 minutos;
  • Pesquise e estude com seus pequenos histórias sobre artes marciais ou quaisquer outros temas disponíveis na internet. Aproveite esse tempo e conte histórias para seus filhos durante 30 minutos ou mais todos os dias;
  • Reserve um horário para os filmes e desenhos também, lembrando que tudo que é demais é prejudicial à saúde;
  • Não esquecendo nunca de fazer a supervisão das atividades, pois não poderão fazer sozinhos.

Aproveite esse período para curtir um tempo extra com os seus filhos, organize os horários e faça acontecer todos os dias, pois isso será de suma importância para o desenvolvimento intelectual e emocional.

printcoluna7

Quem sou eu? Mônica de Paula Silva, também conhecida como Monica Lambiasi, é graduada em Pedagogia desde 2004. Concursada pela Prefeitura de Embu Guaçu – SP, atua há 13 anos como psicopedagoga clínica, área na qual é pós-graduada desde 2006. Em 2008 concluiu pós-graduação em Didática Superior, e em 2009 concluiu pós-graduação em Educação Especial e Educação Inclusiva. Já em 2017 concluiu pós-graduação em neuropsicopedagoga, e atualmente estuda psicanálise e neurociência. Também é escritora.

Contatos: WhatsApp (11) 99763-1603 / Instagram @lambiazi03

* Por Mônica de Paula Silva

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade