Artigo: saiba mais sobre os benefícios do Jiu-Jitsu para crianças e as suas aplicações lúdicas

Publicidade

Por Jorge Columá *

jorge columa1 1
Columá fala sobre a importância do Jiu-Jitsu para o desenvolvimento das crianças (Foto divulgação)

Sempre que escolhemos uma atividade para os nossos filhos ingressarem, pensamos: que benefícios a mesma trará para nossos pequenos? Ao pensar em lutas ou artes marciais, algumas duvidas podem pairar em nossas cabeças, afinal, seria indicado o ensino destas modalidades para crianças? A resposta é sim.

Neste sentido, pretendemos apresentar o Jiu-Jitsu como excelente possibilidade educacional. Afinal, a arte suave traz consigo valores e rituais valiosíssimos para a educação de crianças e jovens. Revisitar esses conceitos filosóficos orientais que são pautadas no caminho do guerreiro (bushidô), remetem aos praticantes a ética, a cidadania, a saúde, a disciplina, o conhecimento e outros valores que, somados a proficiência técnica e o aumento da autoestima, formam uma base sólida na formação infantil e consolidação de caráter como pessoa, valores que culminam em cidadãos de bem, tanto no fazer, no conhecer e sobretudo no agir.

Vale ressaltar que os benefícios do Jiu-Jitsu podem ser internalizados com mais intensidade devido ao prazer de praticar uma atividade lúdica. Sim, prazer, pois a criança deve aprender a lutar brincando. É necessário, porém, que o professor explore seu ensino como um todo, tanto no fazer, como no conhecer e no ser. Neste sentido, apontamos teores como: identificar estratégias, conhecer diferentes contextos culturais e grandes nomes das lutas, conhecer o funcionamento do corpo humano presente nas muitas das alavancas do Jiu-Jitsu, que são frutos de estudos milenares e que continuam em processo nos atuais lutadores, que se reinventam com novas posições e adaptações.

Nos treinamentos de Jiu-Jitsu para crianças devem-se trabalhar as valências físicas nas mais variadas posições, de domínio, de projeção e de finalização. As contribuições destas experiências motoras vão formar um lastro fisiológico que vai acompanhar o praticante até a sua maturação como atleta, reiterando que este lastro será mais complexo e ampliado devido a riqueza motora em questão, sobretudo se a criança experimentar atividades lúdicas, por exemplo.

jorge columa2 1
Coordenador pedagógico da Team Nogueira falou um pouco sobre o seu trabalho (Foto reprodução)

Trabalhar em equipe, entender que durante o treino ou durante a luta existe um companheiro de treino e não um adversário, respeitar seu mestre, o espaço de aula e zelar pelo material, são conteúdos importantes para a formação do praticante. O Jiu-Jitsu incentiva o respeito, a disciplina e o ensino-ritual tão necessários na contemporaneidade, sobretudo nas famílias modernas tão carentes destes valores. Estes conteúdos devem ser trabalhados no ensino do Jiu-Jitsu para crianças preconizando uma mudança no sentido do bem agir, da cortesia, da lealdade e outros valores positivos que devem ser a marca principal de um lutador na sociedade e também do esporte.

* Jorge Columá é Dr. em Ed. Física, coordenador pedagógico da Team Nogueira e docente da disciplina de praticas pedagógicas em lutas na UNISUAM

Publicidade

Notícias relacionadas

2 COMENTÁRIOS

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade