Tanquinho é notificado por potencial violação em exame antidoping e está fora do UFC Atlantic City; saiba

Publicidade

O card do UFC Fight Night 128, marcado para acontecer no dia 21 de abril, em  Atlantic City (EUA), sofreu uma baixa na última terça-feira (20). Isto porque Augusto Tanquinho, que enfrentaria Mareb Dvalishvili, foi retirado do evento após ser flagrado em exame por uma potencial violação no código antidoping do Ultimate. A USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos) notificou o brasileiro por conta de uma amostra coletada no dia 7 de março, onde teriam sido encontrados resultados suspeitos. Vale ressaltar que a entidade não especificou o tipo de violação ou a possível substância encontrada no brasileiro.

A saída de Augusto Tanquinho do UFC Atlantic City ainda não está relacionada com uma punição, e sim como uma falta de tempo para a resolução do caso, já que falta pouco menos de um mês para a realização do combate. A partir de agora, a USADA vai iniciar investigações para saber a fundo o tipo de violação, antes de impor qualquer tipo de “gancho” ao lutador, que deverá ser substituído por um outro atleta no card do dia 21.

Estrela do Jiu-Jitsu, onde conquistou diversos títulos em sua trajetória na modalidade, Augusto Tanquinho estreou no MMA profissional em 2014 e, desde então, contabilizou seis vitórias e duas derrotas. Pelo Ultimate, o brasileiro soma três duelos, com reveses para Cody Garbrandt e Aljamain Sterling, e um triunfo sobre Frankie Saenz, em sua última luta.

Confira o comunicado divulgado pelo Ultimate:

“A organização do UFC foi notificada hoje que a Agência Antidoping dos EUA (USADA) informou Augusto Mendes de uma potencial violação da política antidoping oriunda de uma amostra fora de competição, coletada em 7 de março de 2018. Devido à proximidade com a luta de Mendes marcada para o UFC FIGHT NIGHT: BARBOZA x LEE em Atlantic City, Nova Jersey (EUA), em 21 de abril de 2018 contra Merab Dvalishvili, Mendes foi removido do card, e o UFC está atualmente buscando um substituto para o seu lugar.

A USADA, o administrador independente da política antidoping do UFC, vai lidar com o gerenciamento dos resultados e a adjudicação apropriada deste caso envolvendo Mendes. Sob a política antidoping do UFC, há um processo legal justo e completo atribuído a todos os atletas antes de que qualquer sanção seja imposta. Informações adicionais serão repassadas no momento apropriado, conforme o processo for se desenrolando.”

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade