BJJ Clubes: conheça o novo evento liderado por Dedé Pederneiras que une Jiu-Jitsu e times de Futebol

Primeira edição do BJJ Clubes está marcada para o dia 22 de setembro, na Upper Arena-RJ; saiba mais

BJJ Clubes: conheça o novo evento liderado por Dedé Pederneiras que une Jiu-Jitsu e times de Futebol

Conhecido como o “país do Futebol”, o Brasil agora terá um evento que une o esporte com outra paixão nacional: o Jiu-Jitsu. Batizado de BJJ Clubes, o projeto liderado por Dedé Pederneiras tem estreia programada para o dia 22 de setembro, na Upper Arena, Rio de Janeiro, e promete agitar os torcedores.

Serão quatro etapas ao longo de 2024, todas no mesmo local. O evento foi idealizado por Dedé há mais de 10 anos com o objetivo de unir Futebol e Jiu-Jitsu e conta com o apoio do UFC Brasil para se tornar realidade.

“Eu tenho esse projeto envolvendo times de Futebol, Jiu-Jitsu, No-Gi e MMA há muito tempo. Vamos começar pelo BJJ Clubes, depois No-Gi Clubes e quem sabe um dia o MMA Clubes. Sempre esperei a oportunidade certa para promovê-lo e, desde que montei a Upper Arena, passei a trabalhar mais para tornar ele realidade”, disse o faixa-coral, que completou:

“No fim do ano passado, o UFC me procurou para fazer eventos de Jiu-Jitsu na arena, eles souberam que eu realizei o 1º Campeonato Brasileiro, em 1993, e perguntaram sobre a minha vontade de fazer algo com lutas casadas para ser transmitido no UFC Fight Pass Brasil. Apresentei o BJJ Clubes, eles adoraram e demos sequência”.

Inicialmente, vão ser quatro ou seis times (divulgados em breve) competindo para definir o primeiro campeão de clubes de Jiu-Jitsu do Brasil. Cada equipe contará com sete atletas, sendo cinco homens (60kg, 70kg, 80kg, 90kg e +90kg) e duas mulheres (65kg e +65kg), todos faixas-preta.

“Cada clube vai montar a sua equipe e botar para competir. A ideia é levar o torcedor do clube de coração no Futebol para torcer também pelo seu time no Jiu-Jitsu. Atualmente temos mais de 3 milhões de praticantes da arte suave no mundo, sendo 2 milhões no Brasil, além de milhões de dólares movimentados”, explicou Dedé.

Dedé é faixa-coral de Jiu-Jitsu e idealizador do BJJ Clubes (Foto reprodução)

Dedé é faixa-coral de Jiu-Jitsu e idealizador do BJJ Clubes (Foto reprodução)

Para esta primeira temporada, todos os ingressos de arquibancada serão trocados por alimentos para ajudar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. Após o evento em setembro, as outras edições do BJJ Clubes ocorrerão em: 13 de outubro, 3 de novembro e 15 de dezembro.

“Vamos movimentar ainda mais o calendário de eventos de Jiu-Jitsu com uma nova proposta de campeonato diferente de tudo que já foi visto. A oportunidade perfeita para marcas e outros players desse território esportivo se conectarem com uma grande audiência, e de ganhar mais autoridade junto com a modalidade que mais cresce no Brasil”, encerrou.

Além dos ingressos presenciais, o BJJ Clubes também será transmitido para o Brasil todo e mais de 165 países através do UFC Fight Pass.

Saiba mais sobre o BJJ Clubes, aqui