Brasileira projeta disputa de cinturão no Pancrase 298, no Japão: ‘Luta mais importante da minha carreira’

Publicidade

No próximo dia 5, em Tóquio, no Japão, a brasileira Viviane Araújo vai fazer o main event do Pancrase 298. A casca-grossa vai encarar a experiente Emi Fujino, em confronto que vale o cinturão da categoria peso-palha do tradicional evento japonês. A lutadora é companheira de treinos de Vicente Luque, atleta do UFC, na Cerrado MMA, em Brasília.

“A Fujino é uma lutadora muito experiente, ela gosta tanto da trocação, quanto do chão. Vai ser uma luta muito boa, ela é uma adversária que vai para cima, é explosiva. É um jogo que eu gosto. A minha expectativa para a luta é a melhor possível, estou me preparando da melhor forma para chegar lá com o meu melhor Jiu-Jitsu e trocação”, comentou a brasileira, que projetou o confronto e destacou o seu trabalho em equipe.

“Sobre a luta, é uma oportunidade muito grande pra mim. Vai ser a principal luta da minha carreira até hoje. Estou muito feliz com a oportunidade. Tanto eu, como a minha equipe, estamos trabalhando muito para que seja uma excelente luta e eu saia de lá com a vitória”, comentou “Vivi”, que estreou pelo Pancrase com um nocaute sobre Ayaka Miura.

Melhor faixa-marrom no ranking da IBJJF em 2015 e campeã de diversos torneios no Jiu-Jitsu, a lutadora de 31 anos tem cinco vitórias e apenas uma derrota no MMA. Já a japonesa tem vasta experiência na modalidade. Aos 37 anos, Fujino contabiliza 22 vitórias, dez derrotas e um “No Contest” (sem resultado), além de passagens por Road FC e WSOF.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img