Brasileiro aceita luta de ‘última hora’ em setembro e terá dois combates no UFC em um intervalo de 60 dias; entenda

Publicidade

Se alguns lutadores reclamam pedindo mais lutas ao Ultimate, John Allan não pode se queixar disso. O brasileiro foi inicialmente escalado para atuar no UFC 255, dia 21 de novembro, contra Roman Dolidze. No entanto, o lutador aceitou substituir Gerald Meerschaert de “última hora” em combate diante de Ed Herman, no dia 12 de setembro, e desta maneira o curitibano terá duas lutas no intervalo de dois meses.

O segundo embate, porém, só será mantido caso o meio-pesado saia com condições de subir de novo ao octógono cerca de 70 dias após o duelo contra Herman. A informação foi publicada pelo site MMA Fighting.

Allan, que cumpriu suspensão da USADA (Agência Antidoping dos EUA) e ficou apto para retornar este ano, tem apenas uma luta no UFC, em julho de 2019, quando venceu o duelo contra Mike Rodriguez, mas viu o resultado ser alterado para “No Contest”. No geral, o curitibano tem um cartel de 13 vitórias e cinco derrotas.

https://www.instagram.com/p/CEJfdDYpk4c/

https://www.instagram.com/p/CEE7kD-pMiC/

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade