Cain revela novo problema no joelho em derrota para Ngannou: ‘Muito frustrante’

Cain revela novo problema no joelho em derrota para Ngannou: ‘Muito frustrante’

PHOENIX, ARIZONA - FEBRUARY 17: Cain Velasquez reacts after his KO loss to Francis Ngannou of Cameroon in their heavyweight bout during the UFC Fight Night event at Talking Stick Resort Arena on February 17, 2019 in Phoenix, Arizona. (Photo by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Após 30 meses inativo do MMA, Cain Velásquez teve um retorno traumático no último domingo (17), na luta principal do UFC Phoenix. Diante de Francis Ngannou, o ex-campeão peso-pesado foi nocauteado em apenas 26 segundos, algo que o próprio lutador considerou como “frustrante”, principalmente pelo longo tempo sem lutar e a expectativa pela volta.

O nocaute, no entanto, gerou dúvidas nos fãs de MMA. Alguns consideram que um uppercut aplicado por Ngannou levou Cain a knockdown e, consequentemente, ocasionou sua derrota. Já outros citam, através das imagens do combate, que Velásquez teria “dobrado” o joelho ao se aproximar de Francis, o que ocasionou uma nova lesão e, por conta disso, o lutador não teve mais condições de prosseguir. Em entrevista coletiva após o duelo, Cain revelou que os problemas no joelho voltaram a atormentá-lo durante a luta.

“Tive um ótimo camp de treinamento, é sério, tudo que eu disse, o quão forte eu me senti. Tudo foi verdade. Estando lá, me senti ótimo, relaxado e então dei aquele passo com o pé esquerdo. Senti algo estalar e então, quando tentei dar outro passo, meu joelho cedeu. Meu joelho simplesmente cedeu e nem pude acreditar que isso aconteceu”, revelou o ex-campeão, que ressaltou sua frustração após o longo tempo de preparação e deu mais detalhes do que aconteceu com seu joelho pouco antes do confronto ser interrompido.

“Ir 100% fisicamente, 100% pronto e ter esse acidente bizarro. Não pude acreditar… É muito difícil. É o esporte e é isso o que fazemos. Isso acontece às vezes e é realmente muito frustrante, pois o meu fogo interior é forte, está mais forte do que nunca. Foi apenas o joelho e nada mais aconteceu, você sabe? Foi apenas o joelho. Assim que senti o joelho ceder, foi como se não pudesse acreditar no que estava acontecendo. E então aconteceu. Fui na perna dele e senti como se ele tivesse golpeado a minha nuca, mas isso sequer me machucou. Nenhum dos seus socos me balançou ou causou qualquer dano ou me deixou sem equilíbrio. Foi apenas no interior e essa coisa bizarra que aconteceu com o meu joelho”, lamentou Cain, que aos 36 anos de idade, falou sobre seu futuro no esporte.

“Vamos ver o que acontece daqui pra frente. Novamente, sabendo o que eu fiz nestes últimos três anos e dois meses, me preparando neste camp, me senti pronto. Extremamente pronto. Eu me senti calmo, como se o octógono fosse o lugar que eu precisava estar e me sentisse ótimo. Foi ótimo voltar. E então o estranho acidente com o joelho surgiu. É frustrante, mas vamos ver como fica. O fogo em mim está forte novamente e acho que tenho muito a provar. Sou muito capaz de fazer isso”, concluiu.