Campeã de ‘tudo’ em 2019, Jéssica Caroline traça próxima meta: ‘Ouro no Mundial como faixa-preta’

Publicidade

Quando ainda era faixa-marrom, lá em 2019, Jéssica Caroline teve seu melhor momento quando coroou sua boa fase com o título do Pan-Americano e o Campeonato Mundial da International Brazilian Jiu-Jitsu Federation (IBJJF), em Long Beach, na Califórnia (EUA).

As duas medalhas garantiram a Jéssica, de 27 anos, o merecimento de ter sido graduada faixa-preta no topo do pódio do último mundial, antes da severa pandemia que o mundo inteiro passou. De lá para cá, a atleta de Alessandro Nunes foi campeã do Sul-Americano, Rio Open e medalhista de prata no Campeonato Brasileiro, torneios organizados pela IBJJF/CBJJ no Brasil.

“Em 2019 foi uma experiência incrível, estava muito bem preparada, me senti muito bem em todas as lutas que fiz, conseguindo assim o título de campeã. Esse ano estou me sentindo ótima também, focada e treinando muito… Vou dar o meu máximo para trazer esse título de novo e agora na faixa-preta”, ressalta Jéssica, antes de analisar a divisão peso-galo.

“Minha categoria está bem interessante! Tem algumas meninas que nunca lutei e todas de alto nível. Estou ansiosa e empolgada! Quero que chegue logo, pois vai ser uma guerra. Estou preparada e confiante, os meus treinos estão sendo difíceis e isso me deixa com uma mente forte. Nada pode ser mais complicado que o meu treino”, diz a atleta da PAX Academy.

Faixa-preta desde setembro de 2019, Jéssica conta os detalhes que, na sua visão, são importantes para vencer o Mundial, que é o seu próximo desafio. O torneio tem data de início para o dia 9 de dezembro em Anaheim, na Califórnia.

“É impossível você ter sucesso no Mundial sem ter uma disciplina para treinar certo e se alimentar bem! Esse é o trabalho que venho fazendo ao longo de todos esses anos. Eu tenho uma rotina de treinos bem intensa. Faço o que é certo e digo não para as distrações. Na hora das lutas, também gosto de enxergar toda luta como final e, na minha mente, quem comanda o ritmo da luta sou eu. Esse é o caminho que vou seguir para ser campeã mundial!”, descreve Jéssica.

Veja uma das lutas que Jéssica fez no Mundial 2019, na Califórnia:

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img