Campeão do ‘The New Star’, Lucas Gualberto projeta os seus próximos desafios no BJJ Stars e na temporada

Publicidade

* Organizado pelo BJJ Stars, o “The New Star” – primeiro reality show da história do Jiu-Jitsu – coroou, no último sábado (26), durante o BJJ Stars 6, os seus campeões. Entre as mulheres, Izadora Cristina foi a vencedora ao derrotar Ingridd Alves por 4 a 2 nos pontos, enquanto no masculino, o casca-grossa Lucas Gualberto superou Natan Chueng na decisão dos árbitros para ficar com o título. O programa, vale ressaltar, teve duração de um mês, com os atletas confinados em uma casa junto com treinadores e professores. Ao longo do período, duelos e provas foram acontecendo, e após uma disputa intensa, os finalistas definidos.

As duas finalíssimas foram marcadas pelo equilíbrio, sobretudo no confronto entre Lucas e Natan, que já se enfrentaram em outras oportunidades e, no evento do último sábado, promoveram um clássico encontro guardeiro x passador, que terminou com o placar zerado. Com isso, os árbitros decidiram pela vitória do “Piauí” e, em entrevista à TATAME, o campeão do “The New Star” fez uma análise do seu desempenho na luta.

“Foi uma luta muito dura e eu realmente imaginava que isso poderia acontecer, tendo em vista que eu já luto com o Natan há muito tempo e conheço bem o jogo dele. Sei que essa guarda defensiva muito boa é uma característica dele, não só por conta da técnica, mas também pela flexibilidade que ele tem. Em nenhum momento fui pego de surpresa na luta, todos os golpes que eu imaginava que aconteceriam da parte dele, aconteceram e eu estava pronto para defender. De um modo geral, gostei de ter ido pra cima nos 10 minutos, mas espero melhorar e ser mais dominante nas próximas”, projetou o campeão, que sem perder tempo, disse estar pronto para entrar em ação na próxima edição do BJJ Stars, que ainda não teve data revelada.

“Estou pronto para quando a organização quiser me chamar para lutar de novo. Eu costumo estar pronto em todos os meses do ano para fazer as minhas lutas, então se o BJJ Stars quiser me colocar para lutar já na próxima edição, eu vou estar pronto. O adversário para a próxima luta já está quase definido, mas eu ainda não posso revelar (risos). Em breve todos vão saber, certamente. Será mais uma guerra”, completou o Piauí.

 

Por fim, além de lutar pelo BJJ Stars novamente ainda este ano, Lucas Gualberto espera também participar de outros grandes eventos do calendário da arte suave em 2021, como o Pan-Americano e o Mundial da IBJJF (International Brazilian Jiu-Jitsu Federation), além do Abu Dhabi World Pro da AJP/UAEJJF. A tendência é que os campeonatos citados tenham as suas datas confirmadas durante o segundo semestre.

“A gente ainda tem grandes objetivos para a temporada. Possivelmente, pretendo disputar o Pan-Americano e Mundial (da IBJJF), e o Abu Dhabi World Pro (da AJP/UAEJJF). São os grandes eventos do ano e, consequentemente, meus principais objetivos para a temporada. É ficar na torcida para que aconteçam normalmente e para que as datas sejam divulgadas em breve”, concluiu o faixa-preta da Alliance/Dream Art.

* Por Mateus Machado

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

Publicidade