CEO do LFA fala sobre realização de dois eventos no Brasil e afirma: ‘Objetivo é dar chance aos atletas’

Publicidade

* O LFA é considerado atualmente a organização que mais atletas revela para o UFC. De acordo com Ed Soares, CEO da franquia, atualmente, 35% do plantel do Ultimate é composto por lutadores que passaram pelo seu evento. Diante disso, o Legacy Fighting Alliance vem, cada vez mais, expandindo seus negócios e um dos grandes projetos da companhia está próximo de ser colocado em ação. O LFA sairá pela primeira vez dos Estados Unidos, onde fica sua sede, e vai desembarcar no Brasil para a realização de dois eventos. Ambos vão acontecer na Upper Arena, no Rio de Janeiro, nos dias 16 e 18 de julho, respectivamente.

A vinda do LFA para o Brasil, em resumo, consiste em observar novas promessas do MMA nacional e, ao mesmo tempo, dar oportunidades aos atletas, tendo em vista que a pandemia provocada pela Covid-19 impactou o mercado e os eventos da modalidade no país. Em entrevista à TATAME, Ed Soares falou sobre a oportunidade de trazer seu evento em solo tupiniquim e revelou que a intenção, além de projetar os lutadores ao mercado internacional, é realizar cada vez mais edições no Brasil.

“A gente já estava pensando em levar o LFA para fora dos Estados Unidos, e através de alguns contatos, e vendo também o status do MMA no Brasil, eu achei que era o momento certo para trazer o evento ao país. Nosso objetivo é resgatar o MMA brasileiro. Infelizmente, vejo uma falta de campeões brasileiros no mercado do MMA, mas isso não é por falta de talento, vejo que existe uma falta de oportunidades. A minha visão com o LFA é fazer mais edições por ano no Brasil e tentar dar uma visibilidade boa para os novos talentos do país. O Brasil é o berço do MMA, então é uma pena ver a quantidade de atletas que estão sendo esquecidos por falta de oportunidades. Vamos fazer o possível para mudar esse cenário”, disse o CEO do LFA, prosseguindo logo na sequência.

“Para o futuro, os planos são de fazer mais eventos no Brasil e dar cada vez mais oportunidades aos atletas brasileiros, para que eles possam construir uma carreira de sucesso fora do país e para que eles realizem seus sonhos. Vamos seguir servindo como vitrine, é uma estratégia que vem dando certo e nossa intenção é prosseguir. Para 2022, o planejamento é fazer de seis a dez eventos no Brasil. Tem tudo para ser uma parceria duradoura e de muito sucesso para todos os envolvidos”, projetou.

Como citado no início, o Legacy Fighting Alliance é o evento que mais exporta lutadores para o UFC e Bellator no mundo. Em 2020, mesmo em meio à pandemia, o LFA realizou 16 eventos nas mais variadas regiões dos EUA, mandou 48 lutadores para o Ultimate e 18 para o Bellator. Satisfeito com o método de trabalho que a organização desenvolve, Ed Soares falou sobre a relação com duas das maiores organizações de MMA do mundo, sobretudo com o UFC. Vale lembrar que os eventos do LFA são transmitidos pelo UFC Fight Pass, serviço americano de streaming de vídeo, de propriedade da empresa controladora do UFC, a Zuffa.

“Nosso plano, desde o início, foi desenvolver um evento para revelar novos talentos para o UFC e também para o Bellator. Nossa relação com o Ultimate é ótima, há anos tenho contato com a Zuffa, com o Dana White e os matchmakers da organização. A gente sempre se comunicou e sempre tivemos essa visão. Como empresário, vi que a gente precisava de um evento para preparar os atletas para passos maiores em suas carreiras. Nossos eventos são transmitidos pelo UFC Fight Pass, a repercussão dos nossos eventos tem sido cada vez maior e nossa intenção é seguir com essa parceria excelente. Mais de 35% dos novos talentos que estão brilhando no UFC tiveram passagem pelo LFA, então isso comprova que a parceria é bem consolidada e rende ótimos frutos”, encerrou.

CARD COMPLETO:

LFA 111
Upper Arena, no Rio de Janeiro (RJ)
Sexta-feira, 16 de julho de 2021

Card principal
peso-leve: Ismael Bonfim x Rangel de Sá
Peso-galo: Marcos Breno x Ary Farias
Peso-leve: Rodrigo Lidio x Arthur Lima
Peso-pesado: Carlos Eduardo x Rodolfo Bellato
Peso-mosca: Rodrigo Roldan x Carlos Tizil
Peso-palha: Maristela Alves x Yasmin Castanho
Peso-pesado: Eduardo Silva x Eduardo Neves

Card preliminar
Peso-leve: Luan Sardinha x Kauê Fernandes
Peso-palha: Stephanie Luciano x Michelle Oliveira
Peso-médio: Lucas Fernando x João Dantas
Peso-galo: Queila Braga x Gabriella Hermogenes

CARD COMPLETO:

LFA 112
Upper Arena, no Rio de Janeiro (RJ)
Domingo, 18 de julho de 2021

Card principal
Final do GP meio-médio
Peso-pena: Otto Rodrigues x Carlos Augusto da Silva
Peso-mosca: Filipe Esteves x Rafael Ramos
Peso-leve: Kaynan Kruschewsky x Junior Luiz
Peso-palha: Dayane de Souza x Elaine Lopes
Semifinal do GP meio-médio: Carlos Leal x Diego Dias
Semifinal do GP meio-médio: Brenner Alberth x Gabriel Bonfim

Card preliminar
Peso-meio-médio: Quemuel Ottoni x Junior Marques
Peso-meio-médio: Wendell Giacomo x Uyran Carlos
Peso-pena: Jhonatan Cordeiro x Gabriel Braga
Peso-mosca: Vania Caceres x Brena Cardozzo

* Por Mateus Machado

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img