Charles do Bronx afirma: ‘Por dinheiro, eu enfrentaria Conor McGregor no UFC’

Atual campeão peso-leve do UFC, Charles do Bronx afirma que lado financeiro é determinante para querer enfrentar Conor McGregor; veja mais

Publicidade

Após vencer Dustin Poirier na luta principal do UFC 269, Charles do Bronx parece estar realmente interessado em enfrentar Conor McGregor em sua próxima luta. Por mais que o ranking peso-leve do UFC indique o americano Justin Gaethje como provável desafiante ao cinturão – o que já foi confirmado até mesmo por Dana White, presidente da organização -, o brasileiro já tem planos bem definidos para o seu futuro.

Atual campeão peso-leve do Ultimate, Charles do Bronx foi desafiado por Conor McGregor já no último domingo (12), um dia após ter derrotado Dustin Poirier. O brasileiro se mostrou interessado no confronto diante do irlandês e, de tão interessado, chegou a afirmar que estaria disposto a enfrentar “The Notorious” já no próximo sábado (18). Posteriormente, em entrevista ao podcast “Trocação Franca”, do site MMA Fighting, Do Bronx afirmou que um duelo diante de Conor seria vantajoso no aspecto financeiro, como conta a seguir.

“Se eu tivesse a chance, no passado, de lutar pelo cinturão ou lutar contra o Conor McGregor, todos sabem que eu lutaria pelo cinturão. Isso já aconteceu, eu sou o campeão agora. O campeão tem um nome e seu nome é Charles Oliveira, Charles Do Bronx. Se eu tivesse a chance de lutar contra McGregor por dinheiro hoje, eu faria. O cinturão é meu e continua sendo meu. Continuarei construindo meu legado e fazendo história. É claro, ninguém é tolo. ‘Não, vou lutar com outra pessoa, deixa o McGregor de fora’. Quem vai fazer isso? Apenas um idiota. Se eu tivesse a oportunidade de lutar contra McGregor, com certeza lutaria”, disse Charles do Bronx, que prosseguiu logo depois.

“O cinturão é meu de qualquer maneira. A divisão tem que esperar um pouco. Não há mais nada a fazer. Temos que pensar em nossas famílias, nossos filhos, pensar sobre o que podemos fazer no futuro. Isso já aconteceu comigo. Eu era o sétimo no ranking e queria lutar com os principais candidatos, mas eles não queriam. O campeão agora tem nome, fazemos parte da mesma organização e vou lutar contra quem o UFC escolher. Se eles disserem que é McGregor, vou lutar com ele. Se eles disserem que é Gaethje, vou lutar com ele. Só quero ir para casa, descansar um pouco com minha filha e voltar para o octógono o mais rápido possível”, explicou o brasileiro.

Charles do Bronx é o cara do momento na categoria peso-leve do UFC e tem motivos de sobra para estar com a confiança em alta. Além de ostentar o cinturão da divisão, o brasileiro de 32 anos está embalado por uma incrível sequência de 10 vitórias consecutivas no Ultimate. Além disso, Charles do Bronx, que possui um cartel de 32 triunfos e oito derrotas no MMA, é o recordista em número de finalizações dentro da companhia norte-americana.

Apesar de se colocar em posição de desafiante ao cinturão peso-leve do UFC, o atual momento de Conor McGregor na organização está longe de ser dos melhores. Atualmente com 33 anos, “The Notorious” amargou três derrotas em suas últimas quatro lutas no Ultimate, sendo duas delas para Dustin Poirier, a quem Charles do Bronx venceu no último sábado. Além disso, Conor ocupa atualmente a nona colocação no ranking dos leves do Ultimate, longe dos principais postulantes ao título atualmente.

Para conferir mais notícias sobre Charles do Bronx e Conor McGregor, clique aqui
Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade