Chegou o dia: Belfort e Anderson Silva encaram desafios no Boxe diante de Holyfield e Tito Ortiz

Publicidade

Chegou o aguardado dia! Neste sábado (11), quatro lendas dos esportes de combate entram em ação pelo “Triller Fight Club Legends 2”, evento de Boxe que acontece na Flórida, Estados Unidos. Na luta principal, Vitor Belfort vai encarar Evander Holyfield, enquanto no co-main event, Anderson Silva e Tito Ortiz farão um duelo de ex-campeões do UFC. A transmissão começa às 18h35 (horário de Brasília), no Canal Combate.

Durante pesagem realizada na última sexta-feira (10), Belfort bateu 93,5kg. Já o americano, ex-campeão mundial e 14 anos mais velho em relação ao brasileiro, marcou 102,2kg para a disputa no peso-pesado. Holyfield, vale lembrar, aceitou o desafio com poucos dias de antecedência e substitui Oscar De La Hoya, que testou positivo para Covid-19. Anderson Silva, por sua vez, anotou 87,3kg na balança para o combate até 88,4kg e ainda irá receber 20% da bolsa de Tito Ortiz, que estourou em 2,3kg o limite pré-estabelecido.

Belfort e Holyfield lideram o evento

O confronto diante de Belfort vai marcar o retorno de Evander Holyfield ao Boxe. Ex-campeão mundial dos pesados e atualmente com 58 anos, ele não luta desde maio de 2011, quando derrotou Brian Nielsen por nocaute técnico no décimo round. Originalmente, Holyfield estava cotado para fazer uma luta de exibição contra o seu grande rival, Mike Tyson, que voltou da aposentadoria no ano passado enfrentando Roy Jones Jr. Entretanto, os dois lados nunca chegaram a um acordo, e agora o americano substituirá Oscar De La Hoya.

 

Vitor Belfort, que no Boxe já fez uma luta profissional, em 2006, ao derrotar Josemario Neves por nocaute, não atua desde 2018, quando foi superado por Lyoto Machida no UFC 224. Aos 44 anos e com um cartel de 26 vitórias e 14 derrotas no MMA, o veterano acertou com o ONE Championship em 2019. A expectativa era grande para a sua estreia na organização asiática, porém, após cerca de dois anos, ele não entrou em ação.

 

Ex-campeões do UFC se encontram

Anderson Silva, aos 46 anos, vem de uma expressiva vitória sobre Julio Cesar Chávez Jr, ex-campeão mundial de Boxe, no mês de junho, na Cidade do México, por decisão dividida dos juízes. Após reinar por anos na divisão peso-médio do UFC, o brasileiro deixou a organização em 2020 e hoje se dedica inteiramente à nobre arte. Se no MMA o cartel do “Spider” é de 34 vitórias e 11 derrotas, no Boxe ele soma dois triunfos e um revés.

 

Já Tito Ortiz não luta desde dezembro de 2019, quando finalizou Alberto Rodriguez. O americano registra ainda mais dois triunfos seguidos, um nocaute sobre Chuck Liddell e uma finalização contra Chael Sonnen. Assim como Anderson, o “bad boy” de 46 anos também vem do MMA e foi uma das primeiras estrelas do UFC, tendo ostentado o cinturão dos meio-pesados entre 2000 e 2003. Agora, ele vai estrear no Boxe profissional.

 

Além das lutas principais, o evento ainda contará com mais quatro combates. Outras atrações serão shows da Anitta, do grupo cubano Gente de Zona e do cantor Lunay, sem contar nas participações dos rappers 50 Cent e Snoop Dogg. A organização ainda divulgou Donald Trump, ex-presidente dos EUA, como comentarista.

RESULTADOS COMPLETOS:

Triller Fight Club Legends 2
Florida, nos Estados Unidos
Sábado, 11 de setembro de 2020

Card principal
Vitor Belfort derrotou Evander Holyfield por nocaute técnico no 1R
Anderson Silva derrotou Tito Ortiz por nocaute no 1R
Jono Carroll derrotou Andy Vences por decisão majoritária dos jurados
David Haye derrotou Joe Fournier por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Anthony Chavez x Diuhl Olguin terminou em empate majoritário
Eliezer da Silva derrotou Terry Roscoe por decisão unânime dos jurados

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade