Coluna da Arte Suave: o Jiu-Jitsu como ‘estilo de vida’ e a importância da parte mental no esporte; veja

Em seu novo artigo na TATAME, o professor Luiz Dias fala sobre o Jiu-Jitsu como um estilo de vida e muito mais; leia e deixe sua opinião

Coluna da Arte Suave: o Jiu-Jitsu como ‘estilo de vida’ e a importância da parte mental no esporte; veja

Em seu novo artigo, Luiz Dias falou sobre a importância do Jiu-Jitsu como estilo de vida (Foto: Reprodução)

O Jiu-Jitsu além de esporte, para muitos, significa um estilo de vida, mas para todos uma coisa é certa: o preparo físico e mental que o esporte proporciona é fantástico. Paralelo aos tatames, praticamos o nosso Jiu-Jitsu mental, que fortalece nossa mente. A exigência da força muscular e equilíbrio mental nos faz sempre puxar nossos limites. 

Acompanhe abaixo outros artigos escritos pelo professor Luiz Dias:

Mas esse texto é inspirado pela força interior que o Jiu-Jitsu proporciona a todos os lutadores que têm a arte suave além de um esporte, um caminho de vida. A mente calma, que vai sendo forjada durante as lutas, tomando uma blitz ou sendo submetida a pressão de um golpe encaixado e tentar sair. Essa calma trazida pelo Jiu-Jitsu também se apresenta em momentos pessoais para tomadas de decisões em nossas vidas. 

Esse Jiu-Jitsu mental, para mim, ajuda o tempo todo. Vejo nossa arte suave como um excelente caminho de autoconhecimento, de evolução pessoal. Serve para vencer nossos medos, puxarmos nossos limites. Vencer nossos limites dentro e fora dos tatames é sempre bom, além de sair da nossa área de conforto. E posso afirmar para vocês, pelo menos para mim, foi através do Jiu-Jitsu que adquiri essa confiança, e a vontade constante, com a certeza que posso me superar. Vencer os meus medos. 

Na semana passada, recebi um convite para um podcast, “Da praia para os tatames”, que por sinal, está no spotify, sobre como é ter o Jiu-Jitsu como um estilo de vida, uma filosofia de vida, um caminho para a minha vida. Eu respondia que quando você percebe o Jiu-Jitsu como um transformador da sua mente e os benefícios que ele traz na sua qualidade de vida, em todos os aspectos, você acaba tendo ele cada vez mais presente na sua vida. 

A cada treino você evolui, tanto na questão física como mental. Eu creio que é um dos principais motivacionais para a sua evolução na arte suave e na sua vida pessoal, e assim você vai também agindo em sua vida pessoal. Você aprende a ter foco e respeitar e pensar nas possibilidades e estratégias que acabamos usando em situações de luta e na vida pessoal e profissional. 

O “Jiu-Jitsu mental” está dentro de cada um de nós. Eu aplico isso direto. Nos treinos, as faixas podem mostrar o tempo que cada um treina, mas não é marcador de quem vai ganhar. Um lutador pode ser mais agressivo, outro lutador pode ser mais defensivo, mas é no decorrer da luta que o resultado se desenha, e muitas vezes surpreendem a todos. Quantos de nós já não vimos lutas que o resultado foi inesperado? 

Será que o lutador perdeu o foco da luta, ou melhor nem entrou na luta? Enquanto que aquele outro lutador, consciente de suas limitações e/ou sabedor da superioridade de seu adversário, lutou focado, respeitando seu oponente, mais atento ao momento presente da luta e percebendo a hora exata de uma raspagem ou finalização, acreditando que também poderia vencer. 

Acredito ser um fator importante a autoconfiança. Estar atento é o primeiro passo para estarmos sempre aprendendo e evoluindo na nossa arte suave. E dentro desse princípio, na nossa vida pessoal, conheço lutadores que se colocam como se não tivessem mais nada a aprender. Eu acredito que o aprendizado é constante. Quando você está de mente vazia, ela pode ser receptiva e aprender novas posições e perceber novas possibilidades apresentada por outro lutador. 

Sempre escuto e presto atenção quando vêm me mostrar posições, porque pode ser um detalhe muito importante. Treine e conduza a sua vida usando o Jiu-Jitsu como inspiração, sempre com a mente aberta, com respeito, ou a lição pode vir com um gosto amargo. Mesmo nesses dias difíceis, não podemos desistir dos nossos focos. Bons treinos! OSS!

Para mais informações, veja www.instagram.com/luizdiasbjj/ ou entre em contato pelo e-mail [email protected]. Também conheça o www.geracaoartesuave.com.br/.

* Por Luiz Dias

Para conferir mais notícias sobre Jiu-Jitsu, clique aqui