Erberth, Preguiça e faixa-marrom belga lideram lista de campeões no World Pro

Publicidade

Por Diogo Santarém

Após uma semana inteira com ótimos combates e grandes representantes do Jiu-Jitsu em ação, o Abu Dhabi World Pro 2018, organizado pela UAEJJF, teve sua histórica décima edição encerrada neste sábado (28), na Mubadala Arena. Para fechar com chave de ouro, diversos faixas-preta – e faixas-marrom, no feminino – entraram em ação nas decisões.

Entre os campeões, alguns nomes se destacaram, como Erberth Santos, que finalizou Lúcio Lagarto em apenas 1 minuto de luta na final da categoria até 110kg, Felipe Preguiça, que voltou a derrotar o polonês Adam Wardzinski e ficou com o título até 94kg, e a belga faixa-marrom Amal Amjahid, talvez a maior surpresa do World Pro 2018.

Para conferir os resultados completos do World Pro 2018, clique aqui

Erberth Santos brilhou mais uma vez e finalizou Lúcio Lagarto na final até 110kg (Foto GentleArtMedia / UAEJJF)

Veja um resumo de cada divisão:

56kg – Com apenas cinco atletas, a divisão definiu seu campeão com todos contra todos, na sexta-feira. No fim, três atletas somaram três triunfos cada: Rodnei Junior, João Carlos Kuraoka e José Carlos “Cocó”. Nos critérios de desempate, o título ficou com Cocó.

62kg – Por cima na guarda, João Miyao mostrou sua habitual técnica sobre Wanki Chae. O faixa-preta da Cícero Costha teve calma e, mesmo com a boa movimentação do sul-coreano, desenvolveu bem o seu jogo e foi campeão ao vencer por 7 a 2 nos pontos.

João Miyao, assim como seu irmão, Paulo, somou mais um título para a sua vasta coleção (Foto GentleArtMedia / UAEJJF)

69kg – A luta entre as feras Paulo Miyao e Gianni Grippo ficou marcada pelo constante equilíbrio. Com muita técnica em suas respectivas guardas, os lutadores – conhecidos pela arte de “berimbolar” – empataram por 2 a 2 nos pontos, no entanto, já na reta final, o brasileiro conseguiu uma “suada” vantagem, carimbando a medalha de ouro na categoria.

77kg – Na única decisão com dois “gringos”, uma grande atuação de Espen Mathiesen sobre Jacob Mackenzie. Por baixo na guarda, o norueguês não se intimidou e, quando teve a chance, partiu para o triângulo sobre o canadense. No entanto, viu nova brecha e aplicou o armlock invertido, forçando os três tapinhas do adversário e conquistando o título.

Isaque Bahiense não contou com o apoio da torcida, mas impôs seu jogo e celebrou no fim (Foto GentleArtMedia / UAEJJF)

85kg – Em confronto contra o ídolo local, Faisal Al Ketbi, o jovem Isaque Bahiense conseguiu duas vantagens logo no início em uma tentativa de finalização. Faisal, porém, chegou a conseguir uma vantagem na sequência e animou o público presente na Mubadala Arena. No entanto, o brasileiro segurou bem o ímpeto do seu adversário e, com uma raspagem, abriu 2 a 0 nos pontos, assegurando sua vitória e comemorando bastante.

94kg – Em nova disputa contra Adam Wardzinski, reeditando a final de 2017, o casca-grossa Felipe Preguiça mostrou, mais uma vez, seu domínio. Bem focado em suas ações, o brasileiro controlou as tentativas de finalização do polonês e, ao vencer por 4 a 0 nos pontos, conquistou seu quarto título no Abu Dhabi World Pro, marca bastante expressiva.

Preguiça derrotou Wardzinski novamente e foi campeão em Abu Dhabi pela quarta vez (Foto GentleArtMedia / UAEJJF)

110kg – Após dar um show em sua campanha até a final, Erberth Santos, um dos grandes destaques do Abu Dhabi World Pro 2018, teve mais uma atuação implacável. Em duelo contra o experiente Lúcio Lagarto, o jovem faixa-preta mostrou sua explosão e, em apenas um minuto, finalizou o compatriota com um belo mata-leão para ser campeão.

49kg – Jogando por baixo na guarda, Mayssa Bastos se mostrou ativa desde o começo do combate. Ao encontrar uma brecha, a atleta da GFTeam foi para as costas de Livia Gluchowska e, com muita técnica, conseguiu a finalização no estrangulamento cruzado.

Belga Amal Amjahid foi a grande surpresa nas finais, finalizando para conquistar o título (Foto GentleArtMedia / UAEJJF)

55kg – Trabalhando com muita técnica na guarda por baixo, Amal Amjahid teve grande atuação na luta contra Amanda Nogueira. A faixa-marrom da C.E.N.S. Academy soube se movimentar e, ao longo do combate, grudou nas costas da brasileira, conseguindo o estrangulamento em seguida e garantindo o ouro para a Bélgica no Abu Dhabi World Pro.

62kg – Com sua estratégia ofensiva já conhecida, Bianca Basílio trabalhou por cima na guarda desde o início, enquanto sua adversária, Ffion Davies, procurava travar as investidas da brasileira. Já na parte final, Davies conseguiu uma raspagem e abriu dois pontos, no entanto, com o recurso de vídeo, a arbitragem tirou a pontuação, considerando apenas a vantagem para a lutadora da East Coast JJ Academy. Nos últimos segundos, ciente de que precisava pontuar, Bianca tentou a finalização e, desta forma, conseguiu a vantagem. Ao fim do confronto, por buscar mais a vitória no entendimento dos árbitros, a brasileira conquistou a vitória na decisão, sendo campeã em combate muito apertado.

Pela segunda vez consecutiva, Ana Carolina enfileirou as adversárias e brilhou no World Pro (Foto GentleArtMedia / UAEJJF)

70kg – Nos primeiros momentos da luta, Ana Carolina Vieira teve dificuldades para entrar na guarda de Jessica Swanson. No entanto, com calma e técnica, a irmã do multicampeão Rodolfo Vieira aumentou a pressão e dominou a americana jogando por cima, vencendo o confronto por 9 a 0 nos pontos e sagrando-se vencedora da categoria.

90kg – Desde o início, Angélica Galvão mostrou boa movimentação e, apesar do equilíbrio, esteve em vantagem contra Marta Szarecka. Com uma raspagem, a brasileira abriu dois pontos, mas logo em seguida a polonesa igualou as ações da mesma maneira. Todavia, com uma nova raspagem e a montada, a esposa da lenda André Galvão – que estava como treinador de Angélica – abriu 8 a 2 nos pontos e consolidou seu título.

Confira a lista de campeões abaixo:

– Faixa-preta masculino adulto
56kg –
José Carlos Cocó (GFTeam)
62kg – João Miyao (PSLPB Cícero Costha)
69kg – Paulo Miyao (PSLPB Cícero Costha)
77kg – Espen Mathiesen (BJJ Kimura)
85kg – Isaque Bahiense (Alliance)
94kg – Felipe Preguiça (Gracie Barra BH)
110kg – Erberth Santos (Esquadrão JJ Brasileiro)

– Faixas-marrom/preta feminino adulto
49kg – Mayssa Bastos (GFTeam)
55kg – Amal Amjahid (C.E.N.S. Academy)
62kg – Bianca Basílio (Almeida JJ)
70kg – Ana Carolina Vieira (GFTeam)
90kg – Angélica Galvão (Atos)

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img