Com doação de alimentos e kits de higiene, Matheus Serafim celebra ação em Paraisópolis através do seu projeto social

Publicidade

Em meio à grande dificuldade causada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), as artes marciais surgem como uma importante ferramenta, não só por sua prática, como também pelo grande espírito de união que o mundo da luta proporciona. Conhecido por ser o “maior projeto social de Jiu-Jitsu do país”, situado em São Paulo, o “Lutar para Vencer”, capitaneado pelo faixa-preta Matheus Serafim, está impactando de forma extremamente positiva a comunidade de Paraisópolis.

Comunidade de grande porte situada no distrito de Vila Andrade, na Zona Sul paulistana, Paraisópolis vem contando com o auxílio do projeto Lutar para Vencer. Em entrevista, Serafim revelou que, mesmo com a paralisação das atividades realizadas, vem procurando ajudar a população através da doação de cestas básicas com alimentos e kits de higiene que servem para evitar a disseminação do novo coronavírus.

“Devido à paralisação das atividades com as crianças no Lutar para Vencer por conta da pandemia, a gente tomou a frente para poder ajudar as comunidades onde nosso projeto está presente de uma outra maneira, que estão relacionadas às necessidades como alimentos, kits higiênicos e outras coisas, e Paraisópolis tomou uma proporção muito grande na nossa campanha. É a segunda maior comunidade de SP e é onde também está nosso maior projeto. A gente iniciou as campanhas e temos portas abertas em Paraisópolis, andamos em qualquer lugar e somos bem recebidos lá dentro, porque somos de verdade. A gente vê muitas ações em redes sociais, em televisão, mas andamos lá e não está chegando nada, apenas através do Lutar para Vencer. Vamos de porta em porta, de casa em casa, e levamos alimentos e os kits para todas essas pessoas. O Lutar para Vencer é a maior ação feita em Paraisópolis, porque a gente leva caminhões com 400 cestas básicas, kits de higiene e estamos com um grande projeto para higienizar Paraisópolis toda”.

Outra grande ação que vem sendo organizada pelo projeto “Lutar para Vencer” é a intenção de higienizar as ruas e vielas da comunidade de Paraisópolis. O faixa-preta ressaltou a importância de proporcionar a devida limpeza para que os moradores possam ter um ambiente mais saudável para conviver e, consequentemente, em melhores condições de vida, tendo em vista o fácil contágio do vírus.

“No próximo dia 18, através da ajuda da Neobrax, a gente começa a primeira ação, com um caminhão que vai higienizar todas as ruas e vielas de Paraisópolis, faremos isso de 15 em 15 dias. Acredito que isso ainda não aconteceu nas comunidades, vai ser a primeira ação e será em Paraisópolis. Estamos também ajudando as comunidades ao redor que estão em situação precária, como a comunidade Colombo, Porto Seguro, entre outras. O Lutar para Vencer está chegando para todas essas pessoas, levando alimentos e kits de higiene. Enquanto essa situação estiver acontecendo no Brasil, nosso projeto vai estar tomando a frente e vai entrar em qualquer lugar para levar alimento para essas pessoas. Aproveito também para agradecer a academia VAFC, que é muito importante para o nosso projeto, pois abre as portas para a gente. O projeto é dentro de um espaço deles, com 1500m², com um espaço incrível. Se a gente tem esse espaço e realiza esse trabalho hoje em dia, é por causa deles também”, encerrou o casca-grossa Matheus Serafim.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade