Com planos ousados, ex-campeão Garbrandt quer disputar dois cinturões em 2021 e lança desafio a José Aldo: ‘Sei que vou nocauteá-lo’

Publicidade

Ao se lesionar e testar positivo para Covid-19 no ano passado, Cody Garbrandt teve seus planos frustrados, tendo em vista que enfrentaria Deiveson Figueiredo em disputa pelo cinturão da categoria peso mosca. Já recuperado dos problemas que enfrentou em 2020, o americano tem metas ousadas para 2021. Ex-campeão da divisão dos galos, Garbrandt lançou um desafio a outro brasileiro, José Aldo, que atualmente luta no peso galo e vem de triunfo sobre Marlon Vera em sua última apresentação, que ocorreu em dezembro.

Em entrevista ao site MMA Fighting, “No Love” esclareceu que o título dos moscas segue em seus planos, todavia, deixou claro que não pretende esperar pela revanche entre Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno. Sendo assim, o lutador afirmou que uma luta contra Aldo seria “ideal” para o momento e mira abril.

“Almejo uma luta com (José) Aldo em abril, é o que estou buscando. Lutaria pelo cinturão dos moscas e sou o próximo da fila, mas obviamente Deiveson e Moreno têm que fazer a revanche. Não vou sentar e esperar. Vou ficar nos galos e lutar contra Aldo. Será uma grande luta. As minhas melhores atuações ainda estão por vir. Por que não me desafiar contra o Aldo? Ele ainda é perigoso, está na minha categoria, vem de vitória, eu também venci a última e estamos no Top 5. Acho que é a luta perfeita a se fazer. Você não recebe os elogios, nem conquista os títulos do Aldo sem ser um dos melhores. Estou aqui para provar que sou o melhor. Eu o vejo apenas como um oponente. Tenho muito respeito por ele, mas sei que sou um lutador superior em habilidade, velocidade, potência e condicionamento. Sei que vou nocauteá-lo”, disse o lutador de 29 anos.

Vindo de vitória sobre Raphael Assunção, em junho do ano passado, por nocaute no segundo round, Cody Garbrandt planeja, além de enfrentar José Aldo, fazer duas disputas de cinturão. O americano revelou que quer lutar contra o vencedor de Deiveson x Moreno caso ele vença Aldo e foi além, afirmando que também quer medir forças diante do campeão na disputa de título peso-galo entre Petr Yan e Aljamain Sterling.

“Não vou sentar e esperar. Não vou cortar peso para os moscas e fazer uma luta, quando já tenho uma chance pelo cinturão. Prefiro lutar contra uma lenda como Aldo. Vou nocautear, ficar afiado e me preparar para o vencedor de Deiveson x Moreno, em agosto ou setembro, e então lutar contra o vencedor de Petr Yan x Aljamain Sterling no final do ano. Esse é o meu plano. Falei com Dana White, falei com o Sean Shelby (matchmaker) e com o Ali Abdelaziz (empresário), e eles estão a favor. Espero que possamos conseguir”.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img