Cris Cyborg fora dos planos? Brasileira faz desabafo sobre PFL: ‘Nenhum contato’

Desafiada por Kayla Harisson, Cris Cyborg afirmou que ainda não falou com a PFL desde a compra do Bellator; saiba mais

Cris Cyborg fora dos planos? Brasileira faz desabafo sobre PFL: ‘Nenhum contato’

Cris Cyborg usou sua conta no "X" (antigo Twitter) para afirmar que ainda não foi procurada para conversar sobre seu futuro na PFL (Foto - Reprodução/Instagram)

Com a aquisição do Bellator pela PFL, grandes lutas são esperadas em 2024. Um dos confrontos mais aguardos pelos fãs é entre a atual campeã peso-pena do Bellator e lenda do MMA, Cris Cyborg, contra Kayla Harrison – que é bicampeã da PFL e olímpica de Judô.

No entanto, a curitibana afirmou não ter recebido nenhum contato desde que a fusão entre as organizações foi confirmada no último dia 20. Cris Cyborg usou o “X” (antigo Twitter) e comentou sobre o tema: “Muitos planos sendo feitos e anunciados. Não tive nenhum contato com ninguém da PFL desde a notícia da compra do Bellator. Uma coisa que controlarei é como minha carreira terminará. A cultura da empresa e a forma como serei tratada ao encerrar as últimas lutas da minha carreira são prioridade”, publicou Cris Cyborg, que marcou na publicação os “chefões” da PFL, Donn Davis e Pete Murray.

Kayla Harrison retornou aos combates nesta sexta-feira (24), após um ano de inatividade depois de ter sido derrotada pela brasileira Larissa Pacheco na final do torneio dos leves em 2022. A americana derrotou Aspen Ladd, ex-UFC, por decisão unânime com uma performance dominante.

Ainda no cage, após a vitória, Kayla Harrison desafiou a brasileira para uma luta: “A PFL acabou de adquirir o Bellator. Eu soube que tem uma garota no Bellator que pensa que ela é uma vadia má. Bem, por que nós não descobrimos?”. Assim que tomou conhecimento das declarações de Kayla, a brasileira usou sua conta no “X” para responder a americana “Eu sou uma mulher, não uma garota. Mulheres não se referem a si mesmas como vadia. Você é básica”.

Cris Cyborg tem hoje 37 anos e foi campeã por quatro organizações de MMA: UFC, Strikeforce, Invicta e Bellator. Em sua carreira, fez 30 lutas e contabilizou 27 vitórias, duas derrotas e uma luta sem resultado. Cyborg foi derrotada pela última vez em 2018 para Amanda Nunes. Na aparição mais recente, pelo Bellator 300, em outubro, nocauteou Cat Zigano.

Para mais notícias sobre Cris Cyborg, clique aqui