Dana White ganha problemas para o UFC 300 após ‘recusas’ de Jon Jones e Chimaev; entenda

Jon Jones e Khamzat Chimaev recusaram participação no card do UFC 300, marcado para o dia 13 de abril; veja os detalhes

Dana White ganha problemas para o UFC 300 após ‘recusas’ de Jon Jones e Chimaev; entenda

Jon Jones e Khamzat Chimaev recusaram participação no card do UFC 300, marcado para o dia 13 de abril (Foto: Reprodução)

Marcado para acontecer no dia 13 de abril, em Las Vegas (EUA), o UFC 300 ainda não tem uma luta principal definida e, faltando exatamente dois meses para a realização do tão aguardado evento, o presidente do Ultimate, Dana White, começa a correr contra o tempo para garantir o main event. No entanto, o mandatário vem enfrentando problemas para fechar o card, a ponto de admitir isso publicamente em uma entrevista nos últimos dias.

Atualmente lutando como peso-médio, Khamzat Chimaev foi inserido pelo jornalista Ariel Helwani como uma possível alternativa para a luta principal do UFC 300, onde ele, supostamente, enfrentaria o campeão Leon Edwards pelo cinturão meio-médio. No entanto, em entrevista ao “MMA Uncensored”, o checheno afirmou que não tem a intenção de lutar no card e que pretende respeitar o período do Ramadã, que neste ano, acontecerá entre os dias 10 de março e 08 de abril.

“Vou enfrentar todos. Leon Edwards, Dricus Du Plessis, mas não no Ramadã. Acho que o Ramadã acontece perto do UFC 300. (…) Talvez eu lute na Arábia Saudita. Quero me apresentar lá. Não vou mais lutar em meio ao Ramadã”, explicou Chimaev.

Vale ressaltar que o Ramadã é uma das datas mais importantes para quem segue a religião muçulmana, sendo o nono mês do calendário islâmico. Por um período de 29 ou 30 dias, os muçulmanos não podem consumir coisas sólidas, gasosas e líquidas, como água e soro. No período, também não é permitido fumar e ter relações sexuais. O feriado religioso envolve jejum até o pôr do sol e muitos lutadores muçulmanos evitam treinar durante esses dias.

Vale ressaltar que, além de Khamzat Chimaev, quem também recusou um duelo no UFC 300 foi Jon Jones. Atual campeão linear peso-pesado da organização, “Bones” revelou que recebeu uma ligação da alta cúpula do Ultimate para liderar o card, mas que precisou recusar o convite por considerar que não vai estar em suas melhores condições físicas na data do evento. Jones, cabe lembrar, vem se recuperando de uma grave lesão no músculo peitoral e também passou por uma cirurgia no cotovelo.

Para mais notícias sobre Jon Jones e Khamzat Chimaev no UFC 300, clique aqui