Após estreia com o pé direito no Bellator, Rory MacDonald afirma: ‘UFC errou ao me deixar sair’

Publicidade

Rory MacDonald teve uma boa passagem pelo UFC, contudo, o maior evento de MMA do mundo não demonstrou muito interesse em manter o atleta depois do canadense acumular dois reveses seguidos. Por isso, o ex-desafiante ao cinturão meio-médio assinou com o Bellator e, na última sexta-feira (19), fez sua estreia na nova organização. Logo de cara, MacDonald finalizou Paul Daleyque também soma uma passagem pelo Ultimate. Após a vitória, o estreante afirmou, em entrevista para o site MMA Fighting, que o Ultimate errou ao não renovar seu contrato e deixá-lo ir embora.

“Talvez o UFC devesse ser mais cuidadoso com o que e quem eles deixam escapar. É como eu disse no passado: os lutadores não podem estar 24 horas por dia, sete dias por semana, prontos para lutarem. O UFC errou ao me deixar sair. É culpa deles e um ganho para o Bellator”, afirmou Red King.

MacDonald
Rory acredita que o UFC errou ao deixá-lo ir para o Bellator (Foto reprodução)

Feliz com a nova organização, MacDonald projetou uma longa estadia dentro do evento presidido por Scott Coker. O ex-Ultimate, inclusive, pode estar próximo de disputar o título dos meio-médios contra o vencedor do duelo entre o campeão Douglas Lima e Lorenz Larkin.

“Eu abri muitos olhos e tenho certeza que os gestores do UFC sentem o mesmo. Estou onde queria, aqui, agora, e vou seguir minha jornada. Lutei na sexta-feira e vamos ver o que negociaremos. Estou muito feliz no Bellator e espero que seja recíproco. Prevejo uma relação de longa duração”, disse.

Publicidade

Notícias relacionadas

1 COMENTÁRIO

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade