Do funk ao gospel: cantor Tubarão analisa músicas que agitam entradas dos lutadores de MMA

Publicidade

As entradas dos lutadores são um show à parte nos eventos de Boxe e MMA. Alguns escolhem músicas agitadas para dar aquele embalo final antes de entrar no ringue ou cage, enquanto outros optam por canções mais calmas, até mesmo religiosas, para equilibrar a energia espiritual antes do combate.

O cantor Tubarão, que transita do gênero funk ao pop, analisou os ritmos mais escolhidos entre os atletas brasileiros no mundo do MMA, como contou: “Noto que a música gospel é campeã de audiência nos eventos brasileiros. Pode parecer paradoxal, porque as letras são suaves, mas cada um se motiva da forma que convém. O importante num momento desse não é o ritmo, até porque o lutador não está indo dançar, está indo para lutar, então vale mais a mensagem do que o ritmo em si”, destacou o artista.

Mundo afora, o rock e os estilos do hip-hop predominam nas playlists. No Brasil, ao lado dos hinos religiosos, vem o hip-hop. Outro gênero comum de ouvir nos eventos é o funk, principalmente os antigos, dos anos 90.

“As batidas do funk e do hip-hop, principalmente aquelas mais agitadas, parecem que dão uma energia física e mental diferente. Pelo que noto, esses estilos têm um papel importante para o aquecimento de quem está indo para uma atividade feito a luta, na qual precisa estar ligado, animado e motivado”, disse Tubarão.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade