Ex-dirigente da Federação de Judô do Rio de Janeiro, judoca Nivaldo Rezende morre aos 78 anos; saiba

Publicidade

O Judô do Rio perdeu na segunda-feira (21) uma de suas maiores referências. Aos 78 anos, faleceu o professor Nivaldo Rezende, um dos grandes responsáveis pela profissionalização da Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro. O corpo do judoca está sendo velado no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju. O sepultamento será nesta terça-feira (22), às 16h30.

O professor Nivaldo Foi vice-presidente e diretor de patrimônio quando a Federação começou a sua estruturação para o modelo atual. Ney Wilson, atual gestor de alto rendimento da CBJ, comentou um pouco sobre o legado que o ex-dirigente deixa para o esporte de um modo geral.

“Falar do professor Nivaldo é fácil porque ele é uma marca de várias gestões da Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro. Ele foi vice-presidente, foi diretor de patrimônio durante muitos anos, além de ter sido um grande atleta e um ótimo professor. Fundou um dos grandes pontos de formação de atletas, o Judô Clube Nivaldo Rezende. Faz parte da história do Judô do Rio de Janeiro, tem um significado muito grande e, por isso, é uma grande perda para nós, para a Federação e para o esporte. Eu tenho lembranças excepcionais dele! Foi um grande parceiro na minha administração e, com certeza, se a FJERJ é o que é hoje, o Nivaldo tem uma grande contribuição”, disse Ney.

O professor Nivaldo lutava há mais de uma década contra a diabetes, o que lhe causou a amputação das pernas, mas não o impediu de permanecer ligado ao Judô. Em março do ano passado, visitou velhos amigos durante o Torneio de Abertura. E em dezembro de 2018 recebeu uma justa homenagem de agradecimento pelos serviços prestados ao Judô do Rio de Janeiro, durante a Cerimônia de Melhores do Ano, no Parque Olímpico da Barra.

“Nivaldo foi uma referência do Judô do Estado do Rio de Janeiro. Fundou a sua academia no Engenho Novo, foi diretor de patrimônio da Federação quando a FJERJ começou a ter algum material. Tem uma grande história e nunca esqueceremos o legado que deixou”, disse o presidente Jucinei Costa.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img