Federação Brasileira de Jiu-Jitsu (FBJJ) realiza primeira Conferência Nacional de Arbitragem na próxima quinta-feira (3)

Publicidade

A Federação Brasileira de Jiu-Jitsu vai realizar, na próxima quinta-feira (3), sua Conferência Nacional de Arbitragem, via internet, através da plataforma Zoom. O objetivo é tratar das inovações da FBJJ para o cenário nacional. A organização visa apresentar um novo conceito para se trabalhar a arte suave, novas normativas e diretrizes, com intuito de oferecer aos árbitros do país a profissionalização, capacitação, certificação, respaldo e reconhecimento.

O comando da conferência será do Mestre Júlio César Pereira e do professor Alexandre Baraúna. A diretoria da FBJJ também estará presente, assim como árbitros espalhados pelo Brasil e presidentes de federações estaduais. A organização acredita que mais de 100 pessoas estarão onlines neste primeiro encontro.

Rodrigo Natalino, vice-presidente da FBJJ e responsável pela estruturação do evento, comentou sobre o diferencial do encontro e sua importância para a arbitragem nacional e também o Jiu-Jitsu de um modo geral. O representante da Federação Brasileira destacou a ideia de construir um “padrão de qualidade”.

“Compreendemos que ao oferecermos eventos de abrangência nacional estamos mirando na evolução do futuro da arbitragem nacional. A instituição traz um conceito de valorização aos profissionais de regras oferecendo formas de capacitação, como congressos, simpósios, cursos, entre outros, sendo certificados por uma instituição regulamentada a nível nacional visando assim o máximo no padrão de qualidade dos profissionais o que impactará diretamente no crescimento do Jiu-Jitsu nacional”, concluiu Natalino.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade