Francis Ngannou expressa empolgação para possível defesa de cinturão contra Jon Jones e manda recado: ‘Adoraria ter ele no meu currículo’

Publicidade

Francis Ngannou chegou ao auge de sua carreira no MMA. Em ação na luta principal do UFC 260, realizado no último sábado (27), o camaronês nocauteou Stipe Miocic no segundo round e se tornou o novo campeão peso-pesado da organização. Agora, já se comenta sobre a primeira defesa de título do lutador de 34 anos, e inevitavelmente, o nome de Jon Jones vem à tona.

Ex-campeão meio-pesado do Ultimate, “Bones” vem fazendo a transição para lutar como peso-pesado desde o ano passado. O americano, desde antes da luta entre Ngannou e Miocic, é cotado como próximo desafiante ao cinturão dos 120kg, mas ao mesmo tempo em que a possibilidade do confronto existe, Jones vem em “rota de colisão” com Dana White, onde insiste por uma maior valorização dentro da companhia.

Logo após a vitória sobre Stipe Miocic, Francis Ngannou foi questionado se a sua primeira defesa de cinturão será contra Jon Jones. Em entrevista à ESPN americana, o camaronês fez elogios a Jon Jones e se mostrou disposto a enfrentá-lo ainda este ano.

“Na minha opinião, Jon Jones é o melhor de todos os tempos, ele subindo (para o peso-pesado) vai ser excelente. Seria um grande desafio para mim, adoraria ter no meu currículo. Eu sou o campeão, ele está vindo. Estou pronto. Qualquer hora. Estarei aqui pronto para lutar. Julho, agosto, tanto faz. Como ele disse, ‘me mostre o dinheiro’. Me mostre o dinheiro e faremos”, disse Ngannou, que prosseguiu na sequência.

“Ouça, agora eu sou o campeão. Eu não penso sobre os desafiantes, os desafiantes que pensam sobre mim porque eu sou o campeão. Mas nos últimos dois anos eu lutei umas duas vezes, então gostaria de estar de volta rapidamente, no meio do ano ou no fim do ano, mas vamos fazer isso. Quando ele (Jon Jones) quiser, o trato está feito, estou dentro. Num mundo ideal, eu diria que gostaria de enfrentá-lo na França, mas duvido que o UFC faria o primeiro evento na França com uma luta tão grande assim, duvido. Não acho que é algo que seria possível, mas além disso, acho que só em Las Vegas (EUA)”, concluiu o campeão.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC 260
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 27 de março de 2021

Card principal
Francis Ngannou derrotou Stipe Miocic por nocaute no 2R
Vicente Luque finalizou Tyron Woodley com um triângulo de mão no 1R
Sean O’Malley derrotou Thominhas Almeida por nocaute técnico no 3R
Miranda Maverick derrotou Gillian Robertson por decisão unânime dos jurados
Jamie Mullarkey derrotou Khama Worthy por nocaute no 1R

Card preliminar
Alonzo Menifield finalizou Fabio Cherant com um Von Flue Choke no 1R
Abubakar Nurmagomedov derrotou Jared Gooden por decisão unânime dos jurados
Michal Oleksiejczuk derrotou Modestas Bukauskas por decisão dividida dos jurados
Omar Morales derrotou Shane Young por decisão unânime dos jurados
Marc-André Barriault derrotou Abu Azaitar por nocaute técnico no 3R

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade