‘Garçom-lutador’ relembra nocaute mais rápido da história do Future MMA e projeta novo duelo; veja

Publicidade

O peso-galo Léo Alves precisou de apenas 19 segundos para vencer Willian Valentim por nocaute técnico na primeira edição do Future MMA, em janeiro deste ano. Esta é, até aqui, a luta mais rápida da história do evento, que vai para a sexta edição no próximo dia 28, no ginásio Ítalo Brasileiro, em São Paulo.

“Eu treino para finalizar ou nocautear, mas na hora que joguei a mão, e ela entrou, eu pensei: melhor não dar oportunidade dele voltar. Por isso acelerei para terminar ali mesmo”, relembrou o atleta da Power Lotus. “Na luta, você não tem muita noção do tempo, então quando me falaram (que era o nocaute mais rápido) eu fiquei muito feliz. Graças a Deus deu certo.”

Antes do nocaute de 19 segundos, a vitória mais rápida de Léo Alves havia sido uma finalização por mata-leão aos 53 segundos, quatro meses antes. Apesar de se motivar pelo desafio, ele reconhece que bater o próprio recorde não será fácil. Mas uma coisa ele garante: o show.

“Seria ótimo quebrar o meu recorde, mas sei que é muito difícil, então estou indo pronto para tudo, seja lutar os três rounds ou acabar com a luta assim que possível. Podem ter certeza que vou para dar um show”, avisou Alves, que enfrenta Vinicius Lok Dog no Future MMA 6.

Fã dos ex-campeões do UFC Cody Garbrandt e Demetrious Johnson, Léo Alves venceu sete das 10 lutas que disputou como profissional. Apesar da carreira consistente, ele ainda não consegue se dedicar apenas à luta.

“Sou garçom nos finais de semana e dou algumas aulas particulares também. Mas trabalho duro para um dia conseguir viver só da luta, porque é o que eu amo fazer. Fazer história no Future faz parte do plano”, projetou.

​Para assistir Léo Alves em ação e todas as outras lutas do Future MMA 6 ao vivo e com exclusividade, baixe o Future App, disponível gratuitamente no Google Play e na AppStore. A transmissão é em alta definição e com comentários em português e inglês.

CARD COMPLETO:

Future MMA 6
Sexta-feira, 28 de junho de 2019
Centro Universitário ítalo Brasileiro, em São Paulo

77kg: Luiz Cado x Wendell Giácomo
66kg: Denis Silva x Kevin Souza
93kg: John Allan x Alexandre Silva
70kg: Eder Gama x Rodrigo Lídio
70kg: Ednilson Cai-Cai x Ismael Marreta
66kg: David Valente x Bruno Beirute
61kg: Daniel Willycat x Henrique Budista
48kg: Valesca Tina x Maria Ribeiro
+120kg: Plínio Cruz x Douglas Big Monster
61kg: Léo Alves x Vinicius Lok Dog
70kg: Brenner Albert x Wallison Big bull
66kg: Filipe​ Floyd x Gleyston Baby Shark

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade