Irwing King Kong ressalta importância do SFT no cenário do MMA nacional: ‘Tem sido um celeiro’

Publicidade

Destaque no palco do SFT (Standout Fighting Tournament), evento que nasceu em São Paulo e vem ganhando cada vez mais espaço no cenário do MMA nacional, Irwing King Kong ganhou notoriedade no país após faturar o cinturão peso-médio da organização. Depois de um longo período sem poder realizar eventos devido à pandemia, o SFT retornou no mês de julho, para a comemoração de Irwing.

“Tenho acompanhado (a volta). O último evento foi bem legal, deu para ver que o pessoal está com saudade de lutar e com vontade. E que venham os próximos, o Brasil precisa de eventos como o SFT”, ressaltou.

Desde que retornou, a organização fará o seu terceiro evento no dia 2 de setembro, em São Paulo. Na luta principal da noite, Luis Betão vai enfrentar Heliton Santos pelo cinturão vago da categoria peso-pena. Ao analisar o combate, Irwing destacou um leve favoritismo do atleta manauara:

“Olha, são dois atletas muito duros e experientes. Acredito que o Heliton leve uma certa vantagem, por ser mais novo e buscar mais a luta. Os nocautes que ele tem na carreira dizem isso. Agora vamos ver quem se sairá melhor, com certeza quem ganhará seremos nós, assistindo no sofá”, opinou o campeão.

Apontado como um dos grandes eventos do país, o SFT já revelou nomes para o UFC e outras organizações do MMA mundial, como é o caso de Irwing, atualmente contratado pelo ACA MMA, da Rússia. “Sem dúvidas, o SFT tem sido um celeiro para o Brasil. Só temos atletas duros, pessoal que tem que trabalhar, cuidar da família e ainda treinar para poder ter um futuro legal. O Brasil sempre vai criar atletas do melhor nível, o que falta é apoio das empresas. Já vou deixar a dica: apoiem nossos atletas, pois temos muito a mostrar”.

Escalado para enfrentar Azamat Amagov na edição do ACA que acontece no dia 4 de outubro, o paraense tem ganhado fama na Rússia enquanto aguarda por uma oportunidade de defender o seu título no Brasil pela primeira vez: “Com certeza pretendo defender o título. Infelizmente, acho que não tenho desafiante à vista. Mas quando der, estarei pronto para defender o cinturão e deixar ele aqui em casa, que é o lugar dele”.

Além do confronto entre Luis Betão e Heliton Santos pelo título interino, o SFT 29 ainda vai contar com grandes nomes do MMA nacional em ação como Eduardo “Máquina da Dor”, Leonardo Buakaw e Aline Sattelmayer.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade