Jaime Canuto analisa participação no Grand Slam de Los Angeles da UAEJJF e diz: ‘Vai ser uma guerra’

Publicidade

Dono de uma guarda fechada ferrenha, Jaime Canuto é uma das estrelas confirmadas no Grand Slam de Los Angeles, a ser realizado neste fim de semana (23 e 24), na Califórnia (EUA). O faixa-preta da equipe GFTeam vai brigar pelo ouro na divisão até 75kg.

Em entrevista exclusiva à TATAME, Jaime comentou os desafios que o aguardam na competição, que contará com outras feras da modalidade em busca das premiações.

“Na verdade, eu estou me testando nessa nova categoria e tem vários caras duros. Vai ser uma guerra. O mais importante é que eu estou me sentindo bem física e tecnicamente. Agora é a hora do show, vamos nos divertir. Acredito que o pior vai ser descer o peso, mas vamos que vamos”, contou Jaime, antes de destrinchar a sua poderosa guarda fechada.

“Hoje em dia, o Jiu-Jitsu em alto nível está muito nivelado. Então, eu procuro treinar muito por cima e por baixo na guarda fechada, que é o meu jogo mais forte. Acredito que todos têm uma estratégia, mesmo sabendo o jogo um do outro, então eu trabalho nela”.

Atual campeão brasileiro da CBJJ em 2017, Jaime aproveitou também para falar sobre sua parte mental às vésperas do torneio na Califórnia. Depois do Grand Slam, Jaime ainda visa o Dallas Open, Rio Pro, Grand Slam Rio, New York Pro, Sul-Americano e Mundial No-Gi.

“Eu sempre procuro pensar positivo e, principalmente, eu acredito em todo trabalho que foi feito antes de uma competição. Quando o treinamento é feito com muita dedicação, é difícil dar errado. Mesmo que de alguma não saia como planejado, sei que eu fiz o meu melhor e o resultado vai aparecer com o tempo. Estou me sentindo bem. O show não pode parar”.

Confira alguns dos melhores momentos de Jaime Canuto em ação na arte suave:

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

Publicidade