Jansen Gomes brilha na faixa-marrom e leva ouro duplo na disputa do Mundial No-Gi; veja

Realizado desde a última quinta-feira (7), no estado do Texas, nos Estados Unidos, o Campeonato Mundial sem quimono da IBJJF, evento mais importante do circuito da federação internacional nas competições No-Gi, contou com os atletas em ação nas faixas coloridas e e os campeões já foram definidos nas disputas da última sexta-feira (8). Neste sábado (9) e domingo (10) – dia que marca o encerramento do evento – as atenções ficarão voltadas para os faixas-preta, no masculino e também no feminino.

Confira os resultados do Mundial No-Gi, AQUI

Nas disputas da faixa-azul entre os adultos, no masculino, o destaque ficou por conta de Michael Pixley. Terceiro colocado na divisão peso-pesado, o atleta da equipe Pedigo Submission Fighting foi campeão no absoluto, superando Brandon Reed na final. Já no feminino, representando a Gracie Barra, Heloysa Oliveira ficou com o vice na divisão dos médios e garantiu a medalha de ouro no peso aberto, com Emmaline Reusing ficando em segundo lugar.

Na faixa-roxa, o masculino teve o destaque do casca-grossa Andrew Tackett. O lutador da CheckMat ficou em primeiro no pódio no peso-médio, com Adilson Monteiro, também da CheckMat, em segundo. Já no absoluto, a equipe voltou triunfar, com Tackett em primeiro e Dory Aoun na segunda posição. O feminino foi dominado por Paige Borras, que também garantiu o ouro duplo no Mundial No-Gi. Primeiro, a lutadora da Legion American Jiu-Jitsu foi campeã na divisão dos pesados, superando Christina Hansen na luta pelo título. Depois, no absoluto, conquistou sua segunda medalha dourada ao vencer Erin Quillen na finalíssima.

Já na faixa-marrom, Jansen Gomes deu show e foi mais um a levar o ouro duplo na competição. O atleta da CheckMat, primeiro, foi campeão na categoria meio-pesado, derrotando Jorge Valladares na disputa pelo título. Depois, no peso aberto, Jansen novamente subiu no lugar mais alto do pódio, com Elder Cruz, também da CheckMat, ficando em segundo lugar. No feminino, Akeela Al-Hameed foi vice-campeã em sua categoria, peso-pesado, sendo derrotada por Maria Ruffatto, mas se redimiu e, no absoluto, foi a grande campeã, superando justamente Maria Ruffatto na luta pelo ouro.