Jones empurra Gustafsson em coletiva ‘quente’ para o UFC 232; Cris e Amanda fazem encarada respeitosa

Publicidade

O UFC 232 só acontece no dia 29 de dezembro, no entanto, o clima já esquentou na última sexta-feira (2), quando aconteceu a coletiva de imprensa com os principais lutadores que estarão no aguardado evento. De volta ao UFC após cumprir suspensão, Jon Jones, que enfrentará Alexander Gustafsson pelo cinturão vago dos meio-pesados, foi o centro das atenções no evento e provocou o sueco.

“Lembro que quando lutei com Gustafsson pela primeira vez (em 2013), todo mundo falava que ele se parecia comigo, que tinha as mesmas qualidades, e na minha cabeça ele podia ser parecido, mas não era eu. Sei que nem treinei o quanto deveria, mas consegui ser um cara muito forte, com muita raça”, declarou Jones, que foi logo interrompido por Gustafsson.

“Isso é tudo desculpa, tudo que ouço são desculpas e besteiras”, disparou o sueco, também respondido por “Bones” na sequência.

“Já te bati e vou te bater de novo”.

Os lutadores ainda trocaram mais provocações durante a coletiva. Já no final, posaram para fotos no momento da encarada e novamente se estranharam, trocando empurrões, obrigando Dana White a separá-los.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

The LHW strap is on the line! We run it back as ?? @JonnyBones faces ?? @AlexTheMauler at #UFC232!

Uma publicação compartilhada por ufc (@ufc) em

Cyborg e Amanda fazem encarada respeitosa

Também integrantes do card do UFC 232, onde disputarão o cinturão peso-pena feminino da organização, Cris Cyborg e Amanda Nunes fizeram uma encarada respeitosa, no entanto, durante a coletiva, a curitibana provocou a “Leoa”, afirmando que pretende pressionar sua compatriota.

“Eu treino para tudo. Assisti a algumas lutas dela e sei que gosta de pressionar, mas ela não gosta quando alguém a pressiona, e eu sou essa pressão. Se ela vier para cima, vai sentir”, declarou Cyborg.

Amanda, por sua vez, adotou um tom mais cauteloso em suas respostas e mostrou gratidão a Dana por ter a oportunidade de subir de categoria e disputar o título peso-pena.

“Minha energia está toda voltada para essa luta (contra Cyborg), e depois a gente pode conversar (sobre subir de vez de categoria). Mas quero muito esse cinturão. Dana está me dando essa chance e estou pronta para conquistar o título, e vou conquistar”, afirmou a baiana, sendo rebatida por Cris logo na sequência.

“Você pediu nove meses, deve estar pronta mesmo. Continue trabalhando duro, e tenha certeza de que está pronta. Você já desistiu de quatro lutas, quando a porta fechar, quero saber se você vai estar lá dentro”, cutucou Cyborg.

“Vou bater o peso e vou estar lá. Por isso que pedi a luta. Assinei o contrato porque estarei lá”, finalizou Amanda.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

CAMPEÃ ? x ? CAMPEÃ A primeira encarada entre @criscyborg ?? e @amanda_leoa ??. Elas lutam no #UFC232, dia 29 de dezembro, em Las Vegas. Qual seu palpite?

Uma publicação compartilhada por UFC (@ufc_brasil) em

Publicidade

Notícias relacionadas

1 COMENTÁRIO

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade