José Aldo opina sobre questão salarial no UFC, pede união entre atletas, mas afirma: ‘Momento horrível para fazer isso’; saiba

Publicidade

Profissional no MMA desde 2004 e lutando pelo Ultimate desde 2011, José Aldo tem experiência de sobra para comentar sobre os bastidores e as questões ligadas ao esporte. Em meio aos eventos promovidos pelo UFC durante a pandemia do coronavírus, outro tema que repercutiu bastante foi a questão das bolsas pagas aos atletas, o que gerou insatisfação e duras críticas de lutadores como Jon Jones, Jorge Masvidal e Paige VanZant, que exigem uma valorização financeira.

Prestes a entrar no octógono, no próximo sábado (11), quando disputará o cinturão peso-galo contra Petr Yan no card do UFC 251, em Abu Dhabi, Aldo conversou com jornalistas na última quarta-feira (8) e, ao ser questionado sobre o salário dos atletas, o ex-campeão peso-pena ressaltou que uma união entre os lutadores é necessária para reivindicar direitos, entretanto, fez questão de valorizar o esforço do Ultimate em promover eventos durante a pandemia, mantendo seu plantel em plena atividade. O brasileiro ainda ressaltou que, por conta do coronavírus, agora não é o momento ideal para debater tal assunto.

“Acho que é um momento horrível para fazer isso. Vemos tantas empresas falindo, pessoas perdendo seus empregos de longa data, e aqui está o UFC, tentando nos fazer trabalhar, tentando nos dar trabalho. Veja todo o dinheiro que estão gastando. Veja tudo o que eles estão fazendo para voltar e nos levar de volta à luta”, disse o experiente atleta da Nova União, que seguiu opinando sobre o importante tema.

“Concordo que precisa acontecer algum tipo de união e (uma melhor) pagamento aos lutadores, mas agora, basta olhar para as famílias que não sabem o que será o amanhã. Aqui estamos, temos a chance de trabalhar. Nós chegamos até aqui. Já é difícil chegar aqui, então não é o momento certo para fazer isso”.

CARD COMPLETO:

UFC 251
Ilha de Yas, em Abu Dhabi (EAU)
Sábado, 11 de julho de 2020

Card principal (23h, de Brasília)
Peso-meio-médio: Kamaru Usman x Jorge Masvidal
Peso-pena: Alexander Volkanovski x Max Holloway
Peso-galo: Petr Yan x José Aldo
Peso-palha: Jéssica Bate-Estaca x Rose Namajunas
Peso-mosca: Amanda Ribas x Paige VanZant

Card preliminar (19h, de Brasília)
Peso-meio-pesado: Volkan Oezdemir x Jiri Prochazka
Peso-meio-médio: Elizeu Capoeira x Muslim Salikhov
Peso-pena: Makwan Amirkhani x Danny Henry
Peso-leve: Léo Santos x Roman Bogatov
Peso-pesado: Marcin Tybura x Maxim Grishin
Peso-mosca: Raulian Paiva x Zhalgas Zhumagulov
Peso-galo: Karol Rosa x Vanessa Melo
Peso-galo: Martin Day x Davey Grant

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade