Judô: Ellen Santana perde disputa pelo bronze, mas garante melhor posição do Brasil no Grand Slam de Paris

Publicidade

A peso-médio Ellen Santana conquistou a melhor posição da Seleção Brasileira de Judô no Grand Slam de Paris. No último domingo (17), encerramento da competição, a brasileira encarou Hilde Jager na luta pelo bronze, mas sofreu um waza-ari e terminou o torneio em quinto lugar. O próximo compromisso da equipe nacional será o Grand Slam de Baku, de 5 a 7 de novembro.

Ellen estreou direto nas quarta de final, onde bateu Jemima Yeats-Brown, da Grã-Bretanha, por um waza-ari. Na semifinal, a brasileira não conseguiu passar pela japonesa Saki Niizoe que, com ippon, se classificou para a final, fazendo com que Ellen fosse disputar o bronze. No duelo pela medalha, ela encontrou dificuldades para encaixar a pegada e Jager levou a melhor na luta.

As etapas de Grand Slam têm grande peso no ranking mundial IJF, pois distribuem até mil pontos na classificação. A medalha de bronze vale 500 pontos, enquanto o quinto lugar vale 360 pontos.

Ainda no domingo, o meio-pesado Lucas Lima (100kg) ficou em sétimo lugar, anotando o melhor desempenho dos homens em Paris. Ele venceu Gonchigsuren Batkhuyag, da Mongólia, nas oitavas de final, por ippon. Em seguida, perdeu para o croata Zlatko Kumric, nas quartas. Já na repescagem caiu para o francês Cedric Olivar. Natasha Ferreira (48kg), Jéssica Pereira (57kg), Renan Torres (66kg), Willian Lima (66kg), David Lima (73kg), Guilherme Schimidt (81kg), Marcelo Gomes (90kg) e João Cesarino (+100kg) também representaram o Brasil no Grand Slam de Paris.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img