Judoca multicampeã, Rafaela Silva revela função que pretende ‘desempenhar’ após aposentadoria

Publicidade

Conquistar o mundo e uma Olimpíada requer muita disciplina, além de conhecimento técnico e físico. Para a judoca Rafaela Silva (atleta da categoria até 63kg), campeã do mundo em 2013 e atual campeã olímpica (2016), seu futuro como atleta ainda é promissor. Mas, aos 27 anos, a carioca já planeja o futuro pós-tatame.

Em entrevista concedida à revista “Glamour”, a judoca falou sobre a evolução como atleta desde o início da sua trajetória e ressaltou o interesse pelo estudo da psicologia ainda nova. A atleta, que realiza trabalho com uma coach desde a eliminação precoce nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, acredita que seguir os passos de Nell Salgado é o caminho.

“Desde pequena, quando comecei a treinar e competir com minha irmã, via que às vezes ela não conseguia um bom resultado e eu queria entender a cabeça dela e o porquê de não alcançar seus objetivos. Então comecei a me interessar sobre a parte psicológica quando conheci a Nell e tive certeza sobre o que quero para o futuro”, disse a lutadora.

Nell Salgado é especializada em coaching esportivo e trabalha com a judoca há sete anos. Além de Rafaela Silva, a coach trabalha com outros atletas de seleção, como Maria Portella (70kg), Nathalia Brigida (48kg), Eleudis Valentim (52kg), Yudi Santos (81kg) e mais. Emocionada com os planos da carioca, Nell acredita que ela terá um grande futuro.

“Me sinto honrada em saber que ela quer seguir esse caminho. Com toda a propriedade que tem para falar de alto rendimento, superação e força, terá um caminho brilhante também como coach. Fico feliz que ela tenha compreendido seu propósito e queira retribuir a outros atletas tudo o que aprendeu”, comentou a experiente coach.

Grata por tudo que o esporte e a coach proporcionaram em sua vida, a judoca afirma o quanto o trabalho mental a ajudou evoluir nos últimos anos, dentro e fora dos tatames. “O esporte me ensinou muitas coisas, não só como ser uma atleta de alto rendimento, mas a me tornar um ser humano melhor. Sou muito grata a Nell pela profissional e amiga que é, por todo o conhecimento e força adquiridos nesse caminho e como ela mesma diz, continuarei a ‘matar um leão por dia’, dentro ou fora dos tatames”, finalizou Rafaela.

“Ela me ensinou e ensina muito. Me orienta nas ferramentas, no olhar sobre o atleta e esses sete anos foram de muita parceria, troca, amor, conexão. Hoje estou como coach e ela atleta, e amanhã podemos ser qualquer coisa que quisermos, pois nossa essência como ser humano continua e a Rafaela tem esse entendimento”, complementou Nell.

Vale lembrar que o próximo compromisso da judoca brasileiro é o Grand Prix de Budapeste 2019, que acontece no dia 12 de julho, em Budapeste, na Hungria.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade