Saggioro, Negromonte e Alexander Trans brilham no ‘King of Mats’ da UAEJJF; leia

Publicidade

Por Diogo Santarém

Principal novidade da UAEJJF para o Abu Dhabi World Pro 2018, edição que marca o aniversário de 10 anos do evento, o “King of Mats” agitou os tatames nesta terça-feira (24), com 24 campeões ou ex-campeões do World Pro e do Grand Slam em ação.

As categorias de peso foram divididas em três: peso-leve (até 69kg), peso-médio (até 85kg) e peso-pesado (até 110kg), e depois de grandes confrontos, os campeões foram definidos. Entre os leves, Leonardo Saggioro surpreendeu e, após bela campanha, desbancou o americano Gianni Grippo na final para ficar com a medalha de ouro. O brasileiro venceu na decisão dos árbitros após a luta terminar sem pontos ou vantagens.

Screenshot 20180424 130147 cropped
Após luta muito disputada, brasileiro Leonardo Saggioro derrotou Grippo para levar o título (Foto GentleArtMedia / UAEJJF)

No peso-médio, apesar do favoritismo de André Galvão, quem abocanhou o título foi Charles Negromonte Santos. Na decisão, o faixa-preta de Roger Gracie superou Jaime Canuto por 1 a 0 nas vantagens, após duelo muito disputado. Charles começou puxando para a guarda enquanto Canuto buscava espaço para atacar, mas sem efetividade de nenhum dos lados. Faltando poucos segundos para o relógio parar, Charles imprimiu pressão e marcou sua vantagem, consolidando o prêmio de US$ 30 mil para o campeão.

Por fim, no peso-pesado, Alexander Trans foi o grande nome. Após derrotar todos os adversários na fase classificatória, o dinamarquês encontrou o casca-grossa Roberto Cyborg na finalíssima, e também não deu chances para o brasileiro. Com um Jiu-Jitsu afiado, Trans resistiu à pressão inicial de Cyborg e aguardou o gás do brasileiro terminar. Então, se aproveitou da chance para pegar as costas e ajustar um belo estrangulamento.

Screenshot 20180424 121055 cropped 1
Charles Negromonte mostrou que está com o gás em dia para brilhar no peso-médio (Foto GentleArtMedia / UAEJJF)

Além dos nomes já citados, outros que merecem destaque por suas atuações são Renato Canuto (Zenith), Celsinho Venicius (X Coach), Thiago Marques (Commando Group), Isaque Paiva (Saikoo), Roberto Satoshi (Bonsai) e Tanner Rice (Soul Fighters). Vale lembrar ainda que a UAEJJF distribuiu mais de US$ 200 mil em premiação no “King of Mats”, com 30 mil para o primeiro, 10 mil para o segundo, 5 mil para o terceiro, além de 5 mil para a melhor finalização e 5 mil para a melhor luta (por atleta) de cada uma das três categorias.

Confira os resultados abaixo:

– Peso-leve

Celsinho Venicius derrotou Gianni Grippo por 1 a 0 nas vantagens
José Carlos Cocó derrotou Samuel Canquerino na decisão dos árbitros
Thiago Marques derrotou Tiago Bravo por 4 a 2 nos pontos
Isaque Paiva derrotou Hiago George por 4 a 0 nos pontos
Celsinho Venicius derrotou Wanki Chae por 1 a 0 nas vantagens
Leonardo Saggioro derrotou Samuel Canquerino por 8 a 0 nos pontos
Gianni Grippo derrotou Tiago Bravo por 2 a 0 nos pontos
Isaque Paiva derrotou José Carlos Cocó por finalização
Leonardo Saggioro derrotou Hiago George na decisão dos árbitros
Isaque Paiva derrotou Samuel Canquerino por 1 a 0 nas vantagens
Celsinho Venicius derrotou Tiago Bravo na decisão dos árbitros
Gianni Grippo derrotou Thiago Marques por 1 a 0 nas vantagens
Hiago George derrotou José Carlos Cocó por 4 a 2 nos pontos
Gianni Grippo derrotou Wanki Chae por 13 a 2 nos pontos
Leonardo Saggioro derrotou José Carlos Cocó por 2 a 0 nas vantagens
Thiago Marques derrotou Celsinho Venicius na decisão dos árbitros
Samuel Canquerino derrotou Hiago George por finalização
Leonardo Saggioro derrotou Isaque Paiva por 2 a 0 nas vantagens
Thiago Marques derrotou Wanki Chae por 2 a 0 nos pontos
Semifinal: Gianni Grippo derrotou Isaque Paiva por 8 a 6 nos pontos
Semifinal: Leonardo Saggioro derrotou Thiago Marques por 1 a 0 nas vantagens
Final: Leonardo Saggioro derrotou Gianni Grippo na decisão dos árbitros

– Peso-médio

André Galvão derrotou Jaime Canuto por 1 a 0 nas vantagens
Alexandre Souza derrotou Lúcio Lagarto Rodrigues por 2 a 0 nos pontos
Renato Canuto derrotou Roberto Satoshi por 2 a 0 nos pontos
Clark Gracie derrotou Tarsis Humphreys na decisão dos árbitros
Charles Negromonte derrotou André Galvão por 2 a 0 nas vantagens
Roberto Satoshi derrotou Tarsis Humphreys por finalização
Renato Canuto derrotou Clark Gracie por finalização
Jaime Canuto derrotou Charles Negromonte por 2 a 0 nos pontos
Roberto Satoshi derrotou Clark Gracie por 2 a 0 nos pontos
Semifinal: Jaime Canuto derrotou Roberto Satoshi por 6 a 0 nos pontos
Semifinal: Charles Negromonte derrotou Renato Canuto na decisão dos árbitros
Final: Charles Negromonte derrotou Jaime Canuto por 1 a 0 nas vantagens

– Peso-pesado

Roberto Cyborg Abreu derrotou André Campos na decisão dos árbitros
Alexander Trans derrotou Tanner Rice por 2 a 0 nos pontos
Tanner Rice derrotou Helton José Junior por 2 a 1 nas vantagens
Roberto Cyborg Abreu derrotou Lúcio Lagarto Rodrigues por 2 a 0 nas vantagens
Alexandre Souza derrotou André Campos por 2 a 0 nos pontos
Alexander Trans derrotou Helton José Junior por 2 a 0 nas vantagens
Roberto Cyborg Abreu derrotou Alexandre Souza por finalização
Semifinal: Alexander Trans derrotou Alexandre Souza por desqualificação médica (lesão)
Semifinal: Roberto Cyborg Abreu derrotou Tanner Rice na decisão dos árbitros
Final: Alexander Trans derrotou Roberto Cyborg Abreu por finalização

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade