Líder da Pirâmide Grappling rompe o tendão de Aquiles em ‘acidente’ e destaca: ‘Lesionado não é estagnado’

Publicidade

Líder da equipe Pirâmide Grappling, Marco Aurellio de Queiroz sofreu um acidente inesperado na última semana. O faixa-preta rompeu o tendão de Aquiles jogando Futebol e, já na segunda-feira (31/5), passou por um procedimento cirúrgico para correção do problema. Tudo ocorreu bem. Em declaração à TATAME, Marco explicou um pouco mais sobre a lesão, ressaltando que a pior parte é o longo tempo de inatividade, estimado entre seis e oito meses. Antes do ocorrido, o casca-grossa vivia um bom momento nas competições.

“Fui me aventurar, de lazer, em jogar bola depois de muito tempo e acabei rompendo o tendão de Aquiles. No momento eu não sabia o que era, mas meu fisioterapeuta, Fábio Azevedo, adiantou o diagnóstico e já falou que era para eu ir à emergência. Fiz os testes no hospital, foi comprovado o rompimento e me adiantei para fazer a cirurgia. Fiz a cirurgia na última segunda-feira (31/5), foi tudo bem, é um procedimento simples, mas demorado para voltar. A previsão é de seis a oito meses”, contou o experiente faixa-preta.

Nas redes sociais, Marco Aurellio compartilhou um pouco do que vem sendo a sua rotina e o processo de recuperação, e escreveu: “Lesionado não é estagnado. Quando não é possível treinar fisicamente, podemos aprender de maneiras alternativas. Continuo tentando manter a rotina dentro do meu alcance. Procuro estar presente vendo e ajudando meus companheiros de equipe. Ver e aprender também não deixa de ser um treino pra mim. O foco é me recuperar da melhor maneira possível para voltar melhor do que antes”, disse.

Confira:

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade