Luana Pinheiro se torna primeira lutadora do UFC no mundo a ser paga em Bitcoin e conta detalhes; veja

Luana Pinheiro, lutadora peso-palha do UFC, também é a primeira atleta feminina da América Latina a ser paga em Bitcoin; saiba mais

Luana Pinheiro se torna primeira lutadora do UFC no mundo a ser paga em Bitcoin e conta detalhes; veja

Luana Pinheiro se tornou a primeira lutadora a ser paga em Bitcoin (Foto: Divulgação)

A Bitwage entrou no modo futurista novamente ao trabalhar com a peso-palha nº 15 do ranking do UFC, Luana Pinheiro (recorde de 10-1-0), para permitir que ela se tornasse a primeira lutadora do UFC no mundo e a primeira atleta latino-americana do planeta em geral a receber o pagamento em Bitcoin. Ao utilizar a Bitwage, Pinheiro, a promessa brasileira em uma sequência de oito vitórias consecutivas, tem seu pagamento pago em Bitcoin sem ter que negociar com sua promoção no (UFC).

O namorado de Luana, o peso mosca nº 7 do ranking peso-mosca do UFC, Matheus Nicolau (registro de 18-2), já mudou para a Bitwage em março deste ano, tornando-os um verdadeiro casal poderoso do UFC no padrão Bitcoin. Ambos têm aspirações ao título do UFC e esperam ganhar em Bitcoin por suas lutas enquanto sobem no ranking até o topo.

“O MMA é um esporte brutal e não há tempo para pensar demais. Força mental e calosidade da mente é tudo”, disse Luana Pinheiro.

Faixa-preta de Judô, de uma família cheia de faixas-preta, Luana Pinheiro está imersa nas artes marciais desde os dois anos de idade. “Acho que não terei problemas com o Bitcoin caindo ou subindo”, diz a atleta do UFC. “Se não fosse volátil, também não subiria. Pense nisso: leva em média 10-15 anos para um indivíduo obter uma faixa preta no Brasil em Jiu-Jitsu, então minha preferência de tempo aqui é igualmente longa, se não mais. Todo o resto é apenas barulho para mim e quanto menor o preço, mais Bitcoin poderei garantir para o futuro”.

Este acordo é um dos muitos facilitados pela Bitwage – uma empresa conhecida por seu serviço de folha de pagamento premium, que permite com que qualquer pessoa no mundo seja paga em Bitcoin sem que seu empregador precise ser integrado. A Bitwage, fundada em 2014 em São Francisco (EUA), torna as folhas de pagamento de criptomoedas mais rápidas, baratas e acessíveis a qualquer pessoa no mundo.

As pessoas geralmente pensam que, para alguém usar seu serviço, é necessária uma espécie de integração: ou seu empregador precisa estar envolvido, ou seu departamento de RH ou algo do tipo. Mas é justamente o contrário. Qualquer pessoa que esteja lendo isso pode se registrar agora, obter os detalhes da conta bancária da Bitwage e garantir que seu próximo salário chegue como Bitcoin.

“A oportunidade não perde tempo com quem está despreparado.” disse Matheus Nicolau, atleta do UFC. “Você melhora o máximo possível em todos os aspectos e, quando a oportunidade bate, você está pronto. Tanto na vida quanto no esporte. Luana se juntar a mim para entrar no padrão Bitcoin me deixa muito feliz e estou mais do que confiante de que os passos ousados e corajosos dados hoje serão uma grande vitória no futuro, para nós dois. Nós nos levantamos e fazemos as coisas juntos, unidos e totalmente em sincronia, porque é assim que somos – nunca acima, nunca abaixo, mas sempre um ao lado do outro”, afirmou Matheus Nicolau

Como o casal Luana Pinheiro e Matheus Nicolau chegou à conclusão de seguir a rota do Bitcoin, Luana explica mais detalhadamente:

“Quando Matheus fez a mudança para ser pago em Bitcoin, alguns meses atrás, conheci a equipe da Bitwage. Eles voaram para o Rio e prestaram o serviço de concierge presencial ao Matheus. Fiquei impressionada com a abordagem deles e a quantidade de conhecimento e informações que reuni foi incompreensível. Então, tudo se encaixou e chegou a hora certa. Pode-se perder apenas o que se coloca nele, mas e o outro lado quando o Bitcoin faz 100X?! Eu sabia o que tinha que fazer e que quanto mais cedo eu plantar a árvore, mais cedo a árvore cresceria.

Foi apenas uma evolução natural das coisas. Não fazer isso era um risco que eu não estava disposta a correr. Quem ousa vence, tanto dentro como fora do octógono. E não se esqueça que sou do Brasil, então sei uma coisa ou duas sobre inflação e seus efeitos. Eu nasci por volta de 1994, na época em que a moeda brasileira Real foi introduzida e indexada 1:1 ao dólar americano na época. Agora é 5 BRL por 1 USD. Para que usamos o Bitcoin novamente?!” disse Luana.

Luana Pinheiro contou detalhes a respeito do pagamento em Bitcoin atraves da Bitwage (Foto: Divulgação)

Luana Pinheiro contou detalhes a respeito do pagamento em Bitcoin atraves da Bitwage (Foto: Divulgação)

Veja como funciona: qualquer pessoa no mundo pode se registrar na Bitwage para receber um número de conta bancária. Em seguida, você escolhe qual porcentagem deseja receber em Bitcoin e, em seguida, fornece o novo número da conta ao seu empregador. Assim que eles enviarem o cheque de pagamento, você receberá Bitcoin no endereço que você controla. Se você não alocou 100% para receber em Bitcoin, receberá o restante do dinheiro em sua conta bancária regular. É exatamente assim que Luana e Matheus estão recebendo seus pagamentos do UFC a partir de agora. A Bitwage também possui serviços para empresas que desejam oferecer o benefício diretamente.

A equipe da Bitwage voou para o Rio de Janeiro, e prestou seu serviço exclusivo de concierge para Luana Pinheiro pessoalmente. Seu serviço exclusivo não é reservado apenas para atletas ou indivíduos de alta renda, mas exatamente o oposto. Qualquer pessoa do mundo pode se cadastrar e usar da mesma forma que Luana e Matheus, atletas do UFC, estão usando.

“Informação adequada na hora certa é tudo. Ter conhecimento e não agir sobre ele não é o motivo pelo qual adquirimos conhecimento em primeiro lugar. Nós entendemos para que possamos agir.” disse Chester. “É nosso objetivo ajudar cada indivíduo em sua jornada. Por meio da educação, cada indivíduo pode escolher como deseja ser pago, seja para sua carteira autocontrolada ou para sua conta bancária. Então, no final do dia, eles não precisam de ninguém e são verdadeiramente independentes.

Nossa abordagem implacável aos detalhes está disponível para qualquer pessoa que se inscreva em nosso serviço. Ter o primeiro casal de atletas do mundo no esporte mais brutal, receber ambos em Bitcoin usando nosso serviço é um vislumbre do que o futuro reserva”.

Além de Matheus Nicolau, Luana Pinheiro se junta ao pagamento em Bitcoin do jogador de futebol profissional Alex Barrett. Os jogadores profissionais de futebol Achara Ifunanyachi e Alex Crognale fizeram movimentos semelhantes em 2021 usando a Bitwage como seu provedor premium de serviços de folha de pagamento em Bitcoin.

Para conferir mais notícias sobre o UFC, clique aqui