Hulk e Jéssica Flowers levam ouro duplo e brilham no Mundial No-Gi; resultados

Publicidade

No último fim de semana (16 e 17), a Califórnia, nos Estados Unidos, foi o palco do Mundial No-Gi da IBJJF. A competição movimentou diversos nomes de peso, que travaram batalhas emocionantes dentro dos tatames. Os grandes destaques, porém, ficaram por conta de Lucas Hulk, da Atos, e Jéssica Flowers, da Gracie Barra, que faturaram o ouro duplo na categoria adulto faixa-preta e impressionaram por suas exibições sem o quimono.

Confira todos os campeões no Mundial No-Gi, aqui

Após subir duas categorias e se arriscar na divisão dos super-pesados, Hulk finalizou todas as lutas na categoria e derrotou João Assis na decisão. Já no absoluto, o lutador da Atos seguiu na mesma pegada, foi colecionando finalizações e encontrou com João Gabriel Rocha na grande final. Mais uma vez, Lucas Barbosa venceu e garantiu o ouro duplo.

Entre as mulheres, Jéssica Flowers e Ana Laura Cordeiro, ambas da Gracie Barra, fecharam as decisões na divisão dos pesados, assim como no peso-aberto feminino.


Outros campeões brilham na faixa-preta

No peso-galo, o casca-grossa Caio Terra conquistou a medalha dourada, enquanto no peso-pluma João Miyao foi o grande campeão. Entre os penas, o primeiro lugar foi conquistado por Osvaldo Queixinho. Nos leves, Renato Canuto, que brilhou há uma semana no Grand Prix do KASAI Pro, em Nova York (EUA), foi o campeão da divisão.

Já nos médios, Josh Hinger – campeão do ACB JJ – conquistou a medalha dourada. Nos meio-pesados, o título foi para Keenan Cornelius, enquanto a divisão dos pesados ficou com Arnaldo Maidana. Nos pesadíssimos, Roberto Abreu brilhou e foi o grande vitorioso.

No feminino peso-pena, a fera Talita Alencar foi a grande campeã. Nos leves, Jena Bishop faturou a medalha de ouro, enquanto nos médios foi a vez de Raquel Paaluhi.

Atos e Gracie Barra lideram entre equipes 

Assim como os lutadores, as equipes também subiram ao pódio ao fim do Mundial Sem Quimono da IBJJF. No masculino, o Top 3 foi formado por Atos na primeira posição, seguida da PSLPB Cícero Costha e da Brasa CTA. Já no feminino, a Gracie Barra foi a equipe campeã, com a Alliance em segundo e a Gracie Humaitá em terceiro.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img