Lutador brasileiro com passagem pelo PRIDE é preso com drogas avaliadas em US$ 380 mil; confira

Publicidade

Veterano do MMA com passagens por eventos como PRIDE e Cage Rage, o brasileiro Edson Draggo, 42 anos, acabou preso pela Polícia Rodoviária Federal na última segunda-feira (16), em Santiago, interior do Rio Grande do Sul, com cerca de 10kg de cocaína e crack escondidos no para-choque e no painel de um Fiat Siena branco. A informação foi confirmada inicialmente por uma afiliada do SBT e pelo site MMA Fighting.

De acordo com o restante da publicação, o atleta ainda tentou fugir, mas foi preso pela PRF, que informou que as drogas valem US$ 380 mil (cerca de R$ 2 milhões). Além disso, o lutador brasileiro já acumula outras passagens pela polícia sob acusações de roubo, sequestro e até mesmo porte ilegal de arma.

Natural do Rio Grande do Sul, o peso-pesado Edson Draggo possui um cartel de 13 vitórias e sete derrotas no MMA profissional. Ao longo da sua carreira, o gaúcho fez duas lutas pelo PRIDE e outras duas pelo evento Cage Rage. Na organização japonesa, perdeu para Pawel Nastula e Yoshihiro Nakao, enquanto no Cage Rage, venceu Tengiz Tedoradze, mas foi superado por Gary Turner. Edson, que não lutava desde 2015, retornou ao esporte este ano, superando Willian Telles e Davi Lucas nos eventos Face The Danger e Samurai Fight Combat.

221084post foto 1
Edson Draggo
Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade