Lutador de MMA é morto a tiro e facadas na frente da família, em Belém; confira

Publicidade

Profissional de MMA desde 2014, Adriano Sylberth Santana Pereira, de 29 anos, foi assassinado dentro de sua própria casa na madrugada desta terça-feira (3), no distrito de Outeiro, em Belém, no Pará. “Mamute”, como era conhecido, morreu na frente da esposa e do filho. A Divisão de Homicídios investiga o crime, que ainda será melhor apurado.

De acordo com informações da Polícia Civil, Adriano encontrava-se em sua residência quando, por volta de 23h30, bateram na porta dos fundos da casa. Ao abrir, “Mamute” foi pego de surpresa com a entrada de três homens, todos com camisas no rosto e armados. Ao perceber a ação suspeita, o lutador foi em disparada em direção ao quarto, onde estavam a esposa e o filho, de 9 anos. No entanto, foi perseguido pelos criminosos que, ao entrarem no quarto, foram em direção a Adriano. A vítima teria pedido calma, mas foi atingido com um tiro no rosto. Ele caiu no chão ainda com vida, segundo o relato.

Os assaltantes, então, pediram os aparelhos celulares de Adriano e da mulher. Todavia, quando estavam saindo da casa, perceberam que a o lutador ainda estava vivo e voltaram para aplicar golpes de faca no peito da vítima, que morreu ainda no local após o ato.

Além de sua vida dedicada ao MMA, Adriano tinha um emprego de eletricista naval, segundo a polícia. A Polícia Civil também revelou que “Mamute” não estava sendo alvo de ameaças que pudessem estar, de alguma forma, relacionadas ao trágico crime cometido.

Publicidade

Notícias relacionadas

6 COMENTÁRIOS

  1. Se a polícia chegasse na hora, trocasse tiros e matasse essas desgraças, apareciam os imbecís dos direitos dos manos ou algum parlamentar do PSOL.

  2. Uma cena de horror que precisa ser apurada. Tudo isso não aconteceu porque eles (bandidos) estavam interessados em celular. Esta faltando peças neste quebra cabeça. O cara morreu vítima de vingança. Resta saber só que. Sinto muito pelos familiares. Meu respeito à dor do filho em especial.

  3. Uma pena mesmo, não estou justificando essa barbárie, mas sempre falo com meus amigos lutadores parã terem cuidado com RUA.. Não briguem , evitem discussões banais. ..Não por filosofia , é porque nesse Brasil tem muita arma e um país lotado de covardes. Você chama o cara de bonito na rua o cara quer te matar … treinem lutem, mas dentro da academia e ringue, fora isso acabou …

  4. Que situação terrível para a família , agora resta saber qual foi a motivação para o crime. Deve ter sido uma antiga desavença muito séria…
    Que Deus traga conforto para toda a família do rapaz

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade