Marreta pede renovação de contrato com UFC e cutuca Prochazka: ‘Ele acha que tem queixo’

Publicidade

Com uma incômoda série negativa de três derrotas e sem sentir o prazer da vitória desde fevereiro de 2019, Thiago Marreta voltou a triunfar no UFC Vegas 38, na noite de sábado (2). O brasileiro superou o compatriota Johnny Walker por decisão unânime dos jurados, em confronto morno na luta principal do show e que foi criticado por boa parte dos fãs nas redes sociais.

Ainda no octógono, Marreta elogiou o compatriota e pediu ao UFC para renovar o seu contrato. O peso-meio-pesado comentou que essa foi a última luta do vínculo atual com a organização.

“Foi muito difícil treinar para lutar contra ele (Walker). Ele é imprevisível. Treinei muito. Tentei fazer o meu melhor, tentei nocautear, mas foi difícil me aproximar Ele é grande, mas se move rápido. Tentei dar o meu melhor. Ei, Dana, Mick Maynard, vamos renovar meu contrato, por favor. Essa foi  minha última luta, vamos renovar. Me dê um aumento, por favor”, destacou Thiago.

Já na coletiva, pensando mais adiante, Marreta afirmou que quer se manter ativo e já tem um alvo, o tcheco Jiri Prochazka – que é ocupa a segunda posição do ranking: “Mereço um Top-5, mais uma luta e acho que, se eu ganhar, posso disputar o cinturão de novo. Lutei contra o décimo do ranking. Eu gostaria de lutar contra Prochazka. Se ele não quiser esperar pela luta pelo título, estou aqui. Posso lutar contra ele. Ele é um bom lutador, tenho respeito por ele e assisto suas lutas. Ele acha que tem um queixo forte, mas é porque ele não lutou contra o Marreta”, concluiu.

CONFIRA OS RESULTADOS:

UFC Vegas 38
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 2 de outubro de 2021

Card principal
Thiago Marreta derrotou Johnny Walker por decisão unânime dos jurados
Kevin Holland e Kyle Daukaus terminou em No Contest (sem resultado)
Niko Price derrotou Alex Cowboy por decisão unânime dos jurados
Krzysztof Jotko derrotou Misha Cirkunov por decisão dividida dos jurados
Alexander Hernandez derrotou Mike Breeden por nocaute técnico no 1R

Card preliminar
Jared Gordon derrotou Joe Solecki por decisão dividida dos jurados
Casey O’Neill derrotou Antonina Shevchenko por nocaute técnico no 2R
Karol Rosa derrotou Bethe Correia por decisão unânime dos jurados
Jamie Mullarkey derrotou Devonte Smith por nocaute técnico no 2R
Douglas D’Silva derrotou Gaetano Pirrello por nocaute técnico no 1R
Stephanie Egger derrotou Shanna Young por nocaute técnico no 2R
Alejandro Perez finalizou Johnny Eduardo com uma chave de braço no 2R

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img