Masters brilham na faixa-preta da Taça Rio e comentam apoio da FJJD-Rio: ‘Muitos incentivos aos atletas’

Publicidade

Foi realizada no último sábado (19) a Taça Rio de Jiu-Jitsu, no Clube Municipal, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O evento foi a quarta etapa do ranking da FJJD-Rio, o Circuito Brasil Open Mineirinho. Entre os destaques da competição ficaram as disputas na faixa-preta categoria master, onde os atletas concorrem a passagem para o World Pro, em Abu Dhabi (UAE), ao fim da temporada de 2018. Davi Fidélis, da Pitbull Teresópolis, levou o ouro duplo e comentou sobre a conquista e a proposta de valorização da Federação.

“Eu estou muito feliz com essa conquista e o ranking da Federação está muito bom. Eu estou na briga, já é a quarta etapa, ganhei todas. É muito importante o que eles fazem pelos atletas, essa valorização que eles (FJJD-Rio) dão com a passagem para o World Pro, dá um motivo a mais, porque sabemos que lá na frente terá algo importante para brigarmos. A FJJD-Rio está de parabéns, porque é uma Federação que valoriza os atletas, vê o desempenho. Isso é importante, valorizar a categoria master, porque em muitos eventos eles acham que não é uma categoria que é tão importante. Mas é ali que estão grandes atletas que saíram do adulto. Eu estou na briga (risos)”, comentou Davi Fidélis.

72 11
Campeão do ranking em anos anteriores, Marcelo Galo quer repetir o feito na temporada 2018 (Foto Click Art’suave)

Outro importante nome na disputa, Marcelo Galo, que já faturou diversas passagens pelo ranking da FJJD-Rio nos últimos anos para competições fora do Brasil, segue na briga nesta temporada de 2018. O casca-grossa revelou que os prêmios servem como “incentivo”.

“Já é a quarta etapa que eu conquisto, sempre tentando fazer a pontuação máxima. É bem disputado, muito acirrado. O sistema de pesagem melhorou, agora é uma hora antes. Dá para pesar, então melhorou muito a competição. A premiação é só um incentivo a mais para a galera que gosta de competir, inclusive eu. Posso fazer uma dieta maneira, porque sei que posso ser recompensado com uma passagem para Abu Dhabi (UAE) ou outros países, onde a premiação é boa. É uma chance da galera conhecer outros lugares. Já fui para Abu Dhabi, para o Europeu, tudo pela FJJD-Rio. Os campeonatos são organizados, vale muito a pena investir nas competições”, comentou o lutador da Marcelo Galo JJ.

Rudson brilha no adulto faixa-preta

No adulto faixa-preta, Rudson Mateus, um dos grandes nomes do Jiu-Jitsu, voltou a participar de uma etapa do Mineirinho e saiu vitorioso na categoria até 94kg. O lutador, que vem brilhando no ACB JJ, está em preparação para o Mundial da Califórnia (EUA), no começo de junho. O membro da Caio Terra já havia vencido o ouro duplo no Desafio Verão, a primeira etapa do ranking. No absoluto, Romeu Patrick, da Soul Fighters, foi o campeão.

71 34
Rudson Mateus faturou a medalha dourada na Taça Rio do Circuito Mineirinho e agora mira o Mundial (Foto Click Art’suave)

Superlutas agitam jovens promessas

O “Desafio de Equipes – Superlutas Novos Talentos” agitou o Clube Municipal. Para inovar, a FJJD-Rio promoveu as superlutas entre jovens promessas do Jiu-Jitsu brasileiro. No tatame, Maycon Douglas (Game Fight) derrotou Pedro Henrique Amorim (Gracie Barra), Leonardo Ferreira ( Rocinha JJ) superou Erick Carneiro (Pitbull Teresópolis), enquanto Pedro Leonardo (Top Brother) venceu Gabriel Bonna (Infight). Fechando as disputas entre os jovens, Leonardo Neves (GFTeam) levou a melhor diante de David Fernandes (Kioto).

Dando sequência, vale lembrar que nos dias 7 e 8, no Clube Municipal, na Zona Norte do Rio, acontece o Campeonato Brasileiro da CBJJD, a quinta etapa do Circuito Mineirinho.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade