Matt Hughes nega acusações de violência doméstica e relembra grave acidente sofrido em 2017

Publicidade

Dois dias após a revelação de que recebeu ordens de restrição de sua esposa e do seu irmão gêmeo por supostas agressões e ameaças, o ex-lutador e Hall da Fama do UFC, Matt Hughes, se pronunciou pela primeira vez. Através de suas redes sociais, o americano, atualmente com 45 anos, negou as acusações feitas contra ele e relembrou o acidente sofrido em 2017, que o causou uma lesão cerebral quando um caminhão que estava dirigindo foi atropelado por um trem.

“Desde meu acidente de trem, em junho de 2017, minha vida mudou para sempre. Alguns dias foram um inferno absoluto. Os desafios e batalhas que eu enfrentei foram muito maiores do que qualquer coisa que já me aconteceu em um cage. Eu não sou a mesma pessoa desde o meu acidente, embora todos os dias eu continue tentando ser tão normal quanto alguém com uma lesão cerebral pode ser.

Eu entendo que não é divertido ensinar um homem adulto a aprender a fazer tudo de novo. Eu entendo que eu sou um fardo para aqueles que estão ao meu redor. Eu entendo que sou um inconveniente para minha família. Infelizmente, meu casamento não foi perfeito muito antes do acidente, mas NUNCA, NUNCA, NUNCA iria, ou teria machucado fisicamente aqueles que mais me interessam.

Eu não me ressinto daqueles que estão tentando me machucar e me pintar para ser um monstro através dessas falsas acusações. Eu entendo agora que eles estão apenas fazendo o que precisam fazer para me livrar de suas vidas para sempre, para que possam voltar à normalidade. Eu me sinto horrível que o meu acidente tenha virado o mundo deles de cabeça para baixo também.

Para aqueles que me ajudaram, me apoiaram, cuidaram de mim e oraram por mim, eu realmente não posso agradecer o suficiente. Aos meus partidários, que me defenderam e nunca acreditaram nesses relatos vergonhosos e infamantes, um segundo agradecimento. Se há um forro de prata que este acidente revelou, é a capacidade de ver quem são meus amigos verdadeiros. Para saber quem é fiel e nunca desistiu de mim, mesmo quando por baixo. Obrigado. Obrigado do fundo do meu coração. Eu não sei onde estaria sem você. Por favor, mantenham as orações chegando. Deus sabe que eu preciso delas”.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Since my train accident in June of 2017, my life has been changed forever. Some days have been absolute hell. The challenges and battles that I have faced have been far greater than anything I ever took on in a cage. I am not the same person since my accident, even though, everyday I continue to try to be as normal as someone with a brain injury can be. I understand that it is not fun to teach a grown man to learn to do everything all over again. I understand that I am a burden to those around me. I understand that I am an inconvenience to my family. Unfortunately, my marriage was not perfect long before the accident, but NEVER, NEVER, NEVER would I, or have I, physically hurt those who I care about most. I do not resent those who are trying to hurt me and paint me out to be a monster through these false accusations. I understand now that they are just doing what they need to do in order to rid me of their lives forever so theirs can return to normalcy. I feel awful that my accident turned their world upside-down also. To those of you who have helped me, supported me, cared for me, and prayed for me- I truly cannot thank you enough. To my supporters who defended me and never believed these untrue, disgraceful reports for a second- thank you. If there is one silver lining that this accident has revealed, it is the ability to see who my true friends are. To know who are faithful and have never given up on me even when I am at my lowest. Thank you. Thank you from the bottom of my heart. I do not know where I would be without you. Please keep the prayers coming. God knows I need them.

Uma publicação compartilhada por Matt Hughes (@matthughes9x) em

Relembre o caso

Hughes recebeu ordens para ficar a pelo menos 150 metros de sua esposa, Audra, e seus filhos, depois de inúmeros relatos de incidentes violentos, o mais recentemente em 12 de dezembro do ano passado, no qual foi acusado de agredir sua esposa na presença de seus filhos. O irmão de Hughes, Mark, pediu uma ordem judicial depois de um incidente, em setembro de 2018, em que Matt, supostamente, entrou em uma briga física com o filho de 15 anos de Mark Hughes.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade