Menos ‘maluco’, Markus Perez aposta em ajuda de Thiago Marreta para voltar a vencer no UFC Fight Island 8: ‘O que importa é ter o braço erguido’

Publicidade

* Vindo de duas derrotas seguidas, Markus Perez, o “Maluko”, quer deixar seu apelido de lado – pelo menos por enquanto – quando retornar ao octógono na próxima quarta-feira (20), para enfrentar Dalcha Lungiambula no card preliminar do UFC Fight Island 8, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Em entrevista à TATAME, o peso-médio paulista, conhecido por ir pra cima em suas lutas com o objetivo de proporcionar um bom espetáculo aos fãs de MMA, falou que deu passos para trás na carreira desde que chegou no UFC, em 2017. De lá pra cá, Markus – até então invicto – anotou quatro derrotas e duas vitórias. Aos 30 anos, o brasileiro vê o combate contra Lungiambull como uma oportunidade de recomeçar na franquia.

“Na verdade, desde que eu cheguei ao UFC, dei alguns passos para trás na minha carreira, tive mais derrotas que vitórias, e para caras que sei que não são melhores do que eu. Acho que isso aconteceu porque eu mudei um pouco a minha cabeça depois que entrei na organização. Porém, as pessoas não veem o valor do cara que topa tudo, vai pra dentro, mas perde, e sim de quem vence. Eu também tenho que me importar com isso. Agora eu tenho um filho (Noah), alguém para sustentar, e preciso levar dinheiro pra casa”, disse o atleta, que em sua última luta, em outubro passado, sofreu um nocaute no primeiro round para Dricus Du Plessis.

“Eu estava dominando a minha última luta, mas aí acabei escolhendo um golpe no momento errado, a mão dele entrou, e foi isso. Não posso dizer que foi sorte dele, mas po***! O motivo da minha derrota foi a visão, foi querer a vitória mais do que qualquer coisa. Agora eu sei que o que importa é ter o braço erguido no final”.

Motivado pelo pequeno Noah, Markus quer botar sua nova atitude em prática já na quarta-feira. Para isso, ele realizou um camp com o auxílio de várias feras na renomada equipe American Top Team (ATT), na Flórida (EUA), entre elas o meio-pesado Thiago Marreta, que pega Aleksandar Rakic no dia 6 de março, pelo UFC 259.

“Eu não tive o tempo hábil de treino para dizer que fiz um camp maravilhoso, mas depois da minha última luta eu já vinha treinando, estava ajudando um companheiro, então para essa luta em si tive pouco tempo, mas o suficiente para saber o que eu preciso saber. Pressão sempre tem, não importante de onde vem, e agora é maior, porque não sou só eu. Tenho um filho, as coisas mudam e sua cabeça também, o foco, objetivos. Acho que a minha cabeça está no seu melhor momento”, analisou, completando sobre Marreta.

“Foi muito bom treinar com ele. Lá na ATT eu sempre tenho um material humano ótimo, atletas de todos os tipos, pesos, estilos, além dos coachs, que dão uma atenção enorme. A ajuda do Marreta veio para fechar a preparação. Inclusive, ele é um meio-pesado agora, e o cara que eu vou enfrentar era dessa divisão também, desceu para os médios, então peguei algumas dicas com ele nesse sentido”.

Por fim, o brasileiro respondeu o que os fãs podem esperar dessa nova versão do Markus Maluko em sua volta ao octógono: “Os fãs podem esperar um cara mais inteligente na luta, que não precisa se expor, entrar no jogo do adversário,. E que vou ditar o jogo para ele entrar, é isso que os fãs vão ver”, encerrou o peso-médio.

CARD COMPLETO:

UFC Fight Island 8
Ilha da Luta, em Abu Dhabi (EAU)
Quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Card principal (14h, horário de Brasília)
Peso-meio-médio: Michael Chiesa x Neil Magny
Peso-meio-médio: Warlley Alves x Mounir Lazzez
Peso-meio-pesado: Ike Villanueva x Vinícius Mamute
Peso-mosca: Roxanne Modafferi x Viviane Araújo
Peso-mosca: Matt Schnell x Tyson Nam
Peso-pena: Lerone Murphy x Douglas D’Silva

Card preliminar (11h, horário de Brasília)
Peso-médio: Omari Akhmedov x Tom Breese
Peso-galo: Ricky Simon x Gaetano Pirrello
Peso-mosca: Su Mudaerji x Zarrukh Adashev
Peso-médio: Dalcha Lungiambula x Markus Maluko
Peso-mosca: Francisco Figueiredo x Jerome Rivera
Peso-leve: Mike Davis x Mason Jones
Peso-pena: Umar Nurmagomedov x Sergey Morozov
Peso-mosca: Victoria Leonardo x Manon Fiorot

* Por Diogo Santarém

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade