Em busca do prêmio de US$ 1 milhão, brasileiros Antônio Cara de Sapato e Gleison Tibau são anunciados pela PFL; saiba quem eles encaram

Publicidade

Após anunciar recentemente os nomes que vão integrar os GPs por categoria da sua temporada 2021, a PFL (Professional Fighters League) confirmou também a contratação de dois nomes conhecidos, principalmente, dos fãs de MMA do Brasil. Com passagens pelo UFC, Antônio Cara de Sapato e Gleison Tibau farão parte das divisões meio-pesado e meio-médio, respectivamente, e vão brigar pelo cobiçado prêmio de US$ 1 milhão (aproximadamente R$ 5.8 milhões), destinado aos vencedores dos torneios de cada classe de peso.

Atualmente com 30 anos e um cartel de dez vitórias e cinco derrotas no MMA profissional, Cara de Sapato foi dispensado pelo Ultimate no mês passado, após amargar uma série de três reveses em sequência. Contratado pela PFL, o faixa-preta de Jiu-Jitsu vai subir de peso e atuar na categoria meio-pesado. Antônio, inclusive, já tem data e adversário definidos para a sua estreia na nova organização. De acordo com o site MMA Fighting, o brasileiro vai enfrentar o também ex-UFC Tom Lawlor no card programado para 29 de abril.

 

Na briga pela pomposa premiação, Antônio Cara de Sapato terá como adversários no GP meio-pesado, além de Tom Lawlor, nomes como o atual campeão da divisão, o argentino Emiliano Sordi, assim como Chris Camozzi, Cezar Mutante, Marthin Hamlet, Jordan Johnson, Smealinho Rama, Dan Spohn e Jordan Young.

Aos 37 anos, Gleison Tibau acumula uma longa passagem pelo UFC, onde atuou entre 2006 e 2018. Com um cartel de 35 triunfos e 14 reveses no esporte, o brasileiro fez duas lutas desde que saiu da organização, a última delas em 2019, quando derrotou Will Brooks por finalização no primeiro round pelo evento Battlefield Fighting Championship. Na PFL, o casca-grossa também vai debutar no dia 29 de abril, diante do russo Alexey Kunchenko. Na divisão dos meio-médios, que tem Ray Cooper III campeão, Tibau terá como concorrentes Rory MacDonald, Magomed Magomedkerimov, Sadibou Sy, João Zeferino, David Michaud e Nikolai Aleksakhin.

 

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade