Em duelo de trocação, Giga Chikadze nocauteia Edson Barboza no UFC Vegas 35; Turman triunfa

Publicidade

O aguardado confronto na divisão dos penas entre Edson Barboza e Giga Chikadze correspondeu às expectativas dos fãs: trocação no mais alto nível na luta principal do UFC Vegas 35, na noite de sábado (28), em Las Vegas (EUA). No terceiro round, após acelerar o ritmo, o lutador da Geórgia conquistou o nocaute técnico sobre o brasileiro. Outro representante do Brasil no card, Wellington Turman voltou a vencer.

O card realizado no UFC Apex também definiu os campeões do reality show The Ultimate Fighter, o TUF 29, que assinaram contrato com a franquia. Bryan Battle foi o vencedor nos médios e Ricky Turcios no peso-galo.

Chikadze leva a melhor sobre Barboza

O primeiro round foi como as prévias apontavam: uma típica luta de Kickboxing. Edson Barboza mostrou agressividade, aplicou bons low kicks e chutes na linha de cintura. Na segunda parte do assalto, Giga Chikadze cresceu e tentou alguns golpes plásticos, como por exemplo, joelhadas voadoras e chutes rodados.

O segundo round seguiu na mesma tônica, e o brasileiro se manteve com a estratégia de controlar mais o centro do cage, mantendo uma distância para conectar os golpes. Em resposta às investidas, Giga tentava combinações de golpes. Para o terceiro round, Chikadze iniciou uma blitz e o acelerou o ritmo dos ataques. O friburguense sentiu e o georgiano não parou as ofensivas. Chegou a encaixar um triângulo de mão, mas deixou o Edson levantar e colocou um cruzado de direita que fez o árbitro Jason Herzog encerrar o combate.

Com a vitória por nocaute técnico, Chikadze chega ao sétimo triunfo no peso-pena e está invicto no UFC. Já Barboza, que ficou irritado com a paralisação do árbitro, volta a ser derrotado e fica mais distante do Top 5.

TUF 29 conhece os campeões da temporada

Na disputa final dos médios do TUF, o confronto estava bastante equilibrado, mas a luta agarrada de Bryan Battle fez a diferença no confronto. Já no segundo round, o lutador conseguiu progredir o jogo no chão e encaixou um mata-leão para finalizar Gilbert Urbina, garantir a vitória e assinar contrato com o Ultimate.

A final dos galos foi eletrizante e bastante disputada pelos dois atletas. Ricky Turcios teve os seus momentos mais ofensivos, como Brady Hiestand também mostrou disposição e não desistiu em nenhum momento de buscar o ataque. Após os três rounds, Turcios venceu por decisão dividida e assinou contrato com o UFC.

 


Turman sofre punições, mas volta a vencer

O primeiro round foi bastante morno. Wellington Turman iniciou o combate aplicando chutes frontais, até encurtar e tentar derrubar. No entanto, Sam Alvey fez um trabalho sólido de defesa e a luta ficou travada na grade. Já nos instantes finais, o brasileiro conquistou uma queda, mas sem manter o adversário no chão. O segundo assalto seguiu bem parelho e com os dois lutadores fazendo uma luta sem momentos mais agudos.

No terceiro round, Alvey estava mais atuante, porém Turman cometeu duas infrações – dedo no olho do americano – e perdeu dois pontos. Sendo que no round anterior, já havia sofrido uma punição verbal pelo mesmo caso. No restante final do assalto, Wellington tentou resolver com um nocaute para não deixar nas mãos dos jurados. Após o fim do combate, o curitibano venceu por decisão dividida, apesar dos pontos perdidos e se recupera nos médios. Já o americano não vence há sete lutas e deve deixar o Ultimate.

 


Outros destaques do UFC Vegas 35

Quem brilhou foi o ganês Abdul Razak Alhassan que precisou de 17 segundos para acertar um high kick e nocautear Alessio Di Chirico. Dustin Jacoby e Andre Petroski também nocautearam Darren Stewart e Micheal Gillmore, respectivamente. Dois lutadores usaram o Jiu-Jitsu. Pat Sabatini fez Jamall Emmer bater com uma chave de calcanhar, e Gerald Meerschaert encaixou um mata-leão em Makhmud Muradov.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Vegas 35
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 28 de agosto de 2021

Card principal
Giga Chikadze derrotou Edson Barboza por nocaute técnico no 3R
Bryan Battle finalizou Gilbert Urbina com um mata-leão no 2R
Ricky Turcios derrotou Brady Hiestand por decisão dividida dos jurados
Daniel Rodriguez derrotou Kevin Lee por decisão unânime dos jurados
Andre Petroski derrotou Micheal Gillmore por nocaute técnico no 3R
Gerald Meerschaert finalizou Makhmud Muradov com um mata-leão no 2R

Card preliminar
Abdul Razak Alhassan derrotou Alessio Di Chirico por nocaute no 1R
Wellington Turman derrotou Sam Alvey por decisão dividida dos jurados
Dustin Jacoby derrotou Darren Stewart por nocaute técnico no 1R
JJ Aldrich derrotou Vanessa Demopoulos por decisão unânime dos jurados
Pat Sabatini finalizou Jamall Emmers com uma chave de calcanhar no 1R
Mana Martinez derrotou Guido Cannetti por decisão dividida dos jurados

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img