Na série ‘Conduta Abominável’, Kyra revela ter sofrido assédio sexual três vezes

Publicidade

Na terceira e última parte da série “Conduta Abominável”, que fala sobre assédio/abuso nas academias de Jiu-Jitsu, o jornalista Mario Filho, do Canal do Marinho, ouviu a fera Kyra Gracie, referência no meio da arte suave e que revelou ter sofrido assédio três vezes durante a sua vida nos tatames. Além dela, Flávio Canto, Vinicius Draculino e Luciana Neder – presidente da CDMJJ (Comissão de Direitos das Mulheres) – falaram.

“Acho que tem esse processo de educação, mas não tem muita escolha (para o abusador) porque a lei está vindo muito dura. Isso pode acabar com a carreira de um professor, uma rede de academias, então se não quiser mudar a cabeça, por bem ou por mal terá que se enquadrar. Se não, vai acontecer de vermos professores renomados, com equipes gigantes, tendo problemas. E hoje, com a internet, tudo isso gera uma repercussão gigantesca”, contou Kyra, que narrou seus casos de assédio e deu dicas para outras mulheres.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

Publicidade