Parque Olímpico da Barra, no Rio, recebe o Pan-Americano de Caratê nesta semana; confira os detalhes

Publicidade

Com 755 atletas, 100 técnicos de 20 países e 103 árbitros de outros 15, o XXIX Campeonato Pan-Americano de Caratê será realizado nesta semana, no Parque Olímpico da Barra (RJ). O evento, que reúne dos dias 22 a 25 de agosto competidores do Brasil e do continente americano, chega à Arena 1 premiando com medalhas e troféus os melhores do alto rendimento na modalidade. À frente da organização da disputa, a Federação de Karatê do Estado do Rio de Janeiro (FKERJ), a Confederação Brasileira de Karatê (CBK), a Panamerican Karate Federation (PKF), e a Autoridade de Governança do Legado Olímpico (AGLO), que cede a estrutura olímpica para realização das lutas até o próximo sábado.

Gratuito para a população em geral, o evento terá início às 14h desta quarta-feira (22) e, nos demais dias, às 9h, com encerramento sempre no final da tarde. As inscrições dos atletas foram encerradas no último dia 15. As categorias em disputa serão a Sub-14, Cadete, Júnior e Sub-21. Na ocasião, haverá um intercâmbio com crianças e jovens de comunidades carentes do Rio, onde elas serão convidadas a interagir com os competidores assistindo aos treinos e vivenciando questões culturais dos outros 20 países presentes.

Entre os nomes na disputa pelo título de “campeão pan-americano de karatê 2018”, o brasileiro André dos Santos, medalha de bronze no Mundial 2015, deve competir na categoria Kumite Júnior – 68kg. Além dele, Sabrina Pereira disputa na categoria Kumite Sub-21 – 55kg. Outro destaque será o chileno e vice-campeão mundial em 2017, Benjamin Nenez, que participa da categoria Kumite Júnior -76kg. Já a americana Madison Malone, bronze no Campeonato Mundial 2017, é um dos destaques internacionais e deve competir na categoria Kumite Júnior – 48kg. A República Dominicana, por sua vez, vai trazer a medalha de bronze no Mundial 2017, Thalia Terrero Alcantara, na Kumite Sub-21 – 50kg, enquanto o medalhista de bronze do Mundial 2015, Josef Arago, luta na Kata Sub-21.

Presidente da FKERJ e medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos Rio 2007, Juarez Santos agradeceu a parceria com a autarquia para a realização do campeonato no Rio de Janeiro.

“Essa competição representa um salto para o desenvolvimento do Caratê, não só no nosso estado, mas também no Brasil, uma vez que estamos trazendo disputas importantíssimas para a nossa casa, em parceria com o Ministério do Esporte, a AGLO e a Confederação Brasileira de Karatê. Eu fico muito feliz em trazer esse evento para o legado olímpico, palco das últimas Olimpíadas, em 2016, e cuja estrutura é fenomenal”, destacou Juarez.

Já para o presidente da AGLO, Paulo Márcio Dias Mello, o fato de receber mais uma competição da modalidade demonstra a força do esporte entre os lutadores brasileiros.

“A gente recebeu recentemente a 2ª Seletiva Estadual de Karatê e o Campeonato Brasileiro de Karatê, ambos na Arena Carioca 1. Entendo que tendemos a ascender ainda mais na modalidade, que vem consolidando grandes nomes e preparando uma seleção de caratecas de peso, com vistas ao próximo ciclo olímpico”, finalizou Dias Mello sobre este crescimento.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img