Pezão analisa vitória sobre Rothwell e mira Top 10 do UFC

Com apenas 32 segundos de lutas, Marcos Pezão nocauteou Ben Rothwell e emendou a segunda vitória seguida no peso-pesado do UFC

Publicidade

Marcos Pezão teve um fim de semana incrível no UFC Vegas 42, disputado no último sábado (13), nas instalações da companhia. O brasileiro precisou de apenas 32 segundos para nocautear Ben Rothwell, no co-main event do card. Com o triunfo, o brasileiro chegou a segunda vitória seguida nos pesados e já tem um objetivo em mente: entrar no Top 10. Atualmente, lutador da American Top Team não aparece no ranking, mas pode ser que surja no Top 15 na próxima atualização.

“A vitória veio, trabalhei duro para isso. Só tenho que agradecer a Deus, a minha família, minha equipe, meus treinadores que me ajudaram. Agora é embalar a sequência de vitórias e rumo ao Top 10 da categoria”, comentou Pezão, que registra oito vitórias e cinco derrotas dentro do UFC.

Marcos Pezão, que deseja voltar a lutar em fevereiro ou março de 2022, relatou como foram os instantes do ataque que deu em Rothwell até o experiente Herb Dean interromper. O árbitro chegou a hesitar se paralisaria ou não o combate, mas optou por encerrar o confronto.

“Ele é um cara muito duro, esperava uma luta mais longa, de três rounds até. Eu comecei cadenciando um pouco mais a luta, eu gosto de cair para dentro. Eu vi que ele ficou parado, também fiquei, esperei… Fui conectando as mãos, quando eu vi e senti cheiro de sangue, tinha que contabilizar. Fui batendo. O Herb Dean falou “stop, stop” (para, para), eu cheguei a dar uma guilhotina, ele me agarrou, aí olhei e falei para o Herb Dean: para ou não para? Graças a Deus ele parou, o Ben Rothwell estava bem machucado não ia conseguir se recuperar”, concluiu.

CONFIRA OS RESULTADOS:

UFC Vegas 42
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 13 de novembro de 2021

Card principal
Max Holloway derrotou Yair Rodríguez por decisão unânime dos jurados
Marcos Pezão derrotou Ben Rothwell por nocaute técnico no 1R
Felicia Spencer derrotou Leah Letson por nocaute técnico no 3R
Khaos Williams derrotou Miguel Baeza por nocaute no 3R
Song Yadong derrotou Julio Arce por nocaute técnico no 2R

Card preliminar
Joel Alvarez derrotou Thiago Moisés por nocaute técnico no 1R
Andrea Lee derrotou Cynthia Calvillo por nocaute técnico (interrupção do córner) 2R
Sean Woodson derrotou Collin Anglin por nocaute técnico no 1R
Cortney Casey derrotou Liana Jojua por decisão unânime dos jurados
Rafael Alves finalizou Marc Diakiese com uma guilhotina no 1R
Da Un Jung derrotou Kennedy Nzechukwu por nocaute técnico no 1R

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade