Presidente da FKBERJ analisa título do Rio no quadro geral de medalhas do Brasileiro de Kickboxing

Publicidade

Com 290 medalhas no total, sendo 105 de ouro, 71 de prata e 114 de bronze, o Rio de Janeiro, cidade sede do Campeonato Brasileiro de Kickboxing adulto e Sub-17 deste ano, foi campeão geral no quadro de medalhas. Além disso, o estado fluminense também segue firme na liderança nacional e no número de títulos conquistados na história do evento. São Paulo, com 152 medalhas no total, e Paraná fecharam o pódio.

O estado paranaense, por sinal, cada vez mais se firma como uma das principais potências nacionais da modalidade. Já o Espírito Santo, que voltou a crescer em grandes eventos, ficou em quarto lugar no geral.

O presidente da FKBERJ (Federação de Kickboxing do Estado do Rio de Janeiro), Capitulino Gomes, comentou sobre o retorno do Brasileiro de Kickboxing ao Rio de Janeiro: “Agradeço a ENEL e ao Governo do Estado, através da SEELJE, que foram responsáveis por toda a fantástica estrutura entregue pela FKBERJ para que o evento fosse realizado em nosso estado. Nesta edição histórica, onde o Rio de Janeiro, depois de 15 anos, voltou a sediar um Campeonato Brasileiro, cumprimos nosso compromisso com a apresentação dos Atletas PCD (Pessoa com Deficiência), que foi um momento muito emocionante, entre outras realizações. E, de modo especial, agradeço a todos os diretores e professores de Kickboxing que, com seus atletas, verdadeiros guerreiros, alcançaram o primeiro lugar do pódio para nosso estado”, comentou o dirigente.

Todos os campeões brasileiros terão direito a transporte interno, hospedagem em hotel  e alimentação durante o 12º Campeonato Sul-americano de Kickboxing. O torneio será em Cascavel de 8 a 12 de dezembro.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

Publicidade